O Poder da Esperança | Abril

Oi pessoas, tudo bem?

Em abril, fiz a leitura do livro que foi a iniciativa de alguns estudiosos, intitulado O Poder da Esperança. Nele, conceitos bíblicos são discutidos e adaptados à vida cotidiana.

Confesso que no início acreditava ser um manual de auto-ajuda, do tipo ”coma melhor, beba mais água e medite durante 30 minutos”, mas na verdade este livro te dá alguns socos no estômago. Ele não fala dos ensinamentos religiosos como o que você DEVE seguir, afinal todos nós temos o livre arbítrio, mas sim tratar isso como um tratamento alternativo e complementar para os problemas da vida.

O livro também é muito interessante para quem sofre ou conhece alguém que está passando por depressão, ansiedade, síndrome do pânico ou vícios, pois ele te dá uma ‘fórmula’ para tentar levar uma vida melhor.

É uma leitura rápida e que traz sentimentos reflexivos, vale a pena, independente de crenças e preceitos.

 

FOTOS PARA POSTS

O que em casa | Quarentena

Oi pessoas, tudo bem?

Não sei se até a data em que esse post sair estaremos em quarentena, se os alienígenas já terão invadido a terra ou coisa parecida, mas achoque esse post vale da mesma maneira.

Depois de muito pensar sobre o que fazer para os meus dias em casa serem o menos chato possível, descobri que eu sou bem criativa, viu? Porque, olha, minha rotina variada me permitiu não pirar de vez. Então aqui vão algumas dicas de coisas que você também pode fazer em quarentenas, férias, finais de semana ou naquela fase da vida que estamos meio para baixo.

  1. Pratique atividades físicas: baixe aplicativos ou vídeos que te incentivem
  2. Cuide dos seus instrumentos musicais: tire-os um pouco da case e aprenda a tocar algo novo, caso não saiba ainda.
  3. Organize seu guarda-roupas: por cor, tipo de peça, tamanhos, como preferir. Você vai perceber que isso te ajudará e muito futuramente e aproveite para separar o que é possível doar.
  4. Trabalhe: crie um projeto pessoal ou profissional, crie um plano e siga em frente. Hora de tirar os sonhos do papel.
  5. Hora da faxina: jogue o que não estiver bom fora e limpe tudo, sem cessar, até que você sinta diferença em você e no ambiente.
  6. Dia da preguiça: tire um dia para não fazer nada e dormir sem culpa, isso faz bem
  7. Aprenda mais: hora de atualizar o currículo com cursos e certificados novos que aprimorem seus conhecimentos.
  8. Fique com a família: passe vergonha mesmo, jogue UNO, Banco Imobiliário, truco ou qualquer coisa para reunir a galera e rir um pouco
  9. Leia um livro: termine aquele livro que você sempre quis, mas nunca teve tempo. No final, além de ter  uma nova leitura na cabeça, vai sentir uma satisfação em concluir o objetivo.
  10. Baixe uma nova rede social: saia um pouco do Facebook e do Instagram e conheça novas pessoas espalhadas pela internet.
  11. Hora Masterchef: teste aquela receita do dia do lixo, ou um bolo beeeem chocolatudo e tenha um comapnhiaa para deixar a cozinha mais divertida e engraçada.
  12. Meu nome é Netflix: coloque todas as séries da sua lista em dia. Pegue a pipoca e maratone tudo!
  13. Produza conteúdo: se arrume e grave vídeos, tire fotos e tudo mais. Poste se quiser ou envie apenas para os amigos, a ideia é expor o seu conhecimento.
  14. Assista um filme infantil: isso mesmo, independente da idade, assista um filme feito para crianças, um conto de fadas ou coisa do tipo. Você vai rir, chorar, lembrar e entrar no enredo como se tivesse aquela idade novamente e isso desperta a sua criança interior, que nunca pode morrer.
  15. Fale: envie uma mensagem para aquele amigo que não conversa a tempos, fale qualquer coisa ou só pergunte se está tudo bem. Não temos um relógio para a vida, então não perca mais tempo.

 

FOTOS PARA POSTS (1)

Playlist da quarentena |Aquecimento

Oi pessoas, tudo bem?

Não é novidade para ninguém que muito (MUITOS) shows e eventos foram adiados ou cancelados graças a presença nada útil da COVID-19, que além de tentar destruir o mundo, nos tira a alegria de ver nossos ídolos de perto.

Mas calma ai, que aqui a festa não para e a Playlist também não, então confira o meu Top 5 de bandas que vão demorar um pouquinho para pisar em solo brasileiro por enquanto:

  1. Kiss – I Was Made For Lovin’ You

 

2. Guns N’ Roses – Paradise City

 

3. Crashdïet – Rust

 

4. Metallica – Enter Sandman

 

5. The Strokes – You Only Live Once

 

 

 

 

 

 

 

Manual do Novato 101 | Março

Oi pessoas, tudo bem?

Atrasado, mas antes tarde do que nunca, aqui está o livro de março. Já aviso que com esse transtorno de quarentena e fim do mundo eu não tive todo tempo do mundo para iniciar um livro do zero, então até eu conseguir organizar minhas atividades entre home office e todo resto, estou dando preferência a livros que inicialmente não me despertaram muito interesse, aos de menor volume e aos que eu comecei e não terminei.

Convenhamos que não seria muito inteligente da minha parte começar um livro de 500 páginas super legal com um monte de coisas para trás, sendo que preciso liberar espaços na prateleira, não é? Então neste mês terminei a leitura do livro Manual do  Novato 101 e confesso estar confusa até agora.

O livro em si diz tudo sem dizer nada, trata-se de um ilusório manual de vampiros que aborda os primeiros ‘sintomas’, a transformação, os ritos e tudo mais. Mesmo prática e levemente curta, a leitura tem um teor infantil, nada daquela paixão que uma história vampiresca costuma despertar.

Dois pontos positivos despertaram a minha atenção no livro todo: o fato de que ele usa partes da roda norte de rituais pagãos como calendário dos vampiros, abordando temas como os quatro elementos e deuses como base para exploração de temas, apresentando fotos de lugares reais que calham com a história e a lenda das gêmeas inseparáveis as quais nem mesmo a transformação de uma delas foi capaz de afastá-las, mas ai você terá que ler para saber tudo.

De modo geral, eu recomendaria mais esse livro aos pré-adolescentes que decidirem explorar esse universo. Para os adultos, permanecemos com Drácula mesmo, ok?

 

FOTOS PARA POSTS

A natureza precisa respirar

Oi pessoas, tudo bem?

Já faz um bom tempo que não falo de magia ou elementos naturais por aqui, mas, por mais que tentemos fugir do assunto, não conseguimos, pois é necessário falar do que está acontecendo.

O diagnóstico é: a Terra está doente!

Não há medicamentos, não há cura imediata e muito menos direito de eutanásia. É uma doença que mesmo não sendo recente, a destrói lenta e friamente.

Mas todo esse tormento de quarentenas e pandemias, para mim, é uma maneira da Terra gritar que nós estamos errando, estamos errados e sempre estivemos, pois a tratamos em um relacionamento abusivo, de mão única, fazendo-a sofrer, chorar e sangrar em uma proporção tão grande, que para uns se torna um verdadeiro prazer ver a Terra de despedaçar.

No fundo eu creio que, por mais que seja difícil para nós humanos, ficarmos trancados em casa, praticamente em um sistema de racionamento e alimentando um medo de, depois de muito tempo, não poder prever um futuro tão promissor, é uma maneira até artística de dar a este planeta o tempo que ele já deveria ter tido a muito e muito tempo atrás.

O meu apelo é que quando essa tempestade passar, você entenda que é bem menor do que parece, que é apenas um ponto alocado em um universo de decisões muito maiores e que a sua força só é necessariamente estrondosa quando unido ao próximo, por um bem maior, porque se não for desta vez, a probabilidade de não termos outra chance é unânime.

Cuide-se não só agora, mas sempre, mas cuide de tudo ao seu redor, da maneira que puder, para que sempre tenha o que cuidar.

 

FOTOS PARA POSTS (9)

Séries para assistir na quarentena

Oi pessoas, tudo bem?

Estamos vivendo um período inimaginável na história humana quando relacionado ao ano de 2020, uma pandemia feat quarentena que está acontecendo praticamente no mundo todo, ao mesmo tempo. Ou seja, muita gente que, mesmo sem se conhecer, possui uma coisa em comum: o excesso de tempo para não fazer nada.

E quem se dá bem nesse rolê são os nossos queridos serviços de streaming, como a Netflix e a Amazon Prime, então vamos aproveitar para por as séries em dia, não é mesmo?

  1. Insatiable

Amor da minha lista de recomendações, traz a lindíssima Debby Ryan – isso, a Jessie na Disney – como uma garota que após sofrer com o bullying durante a vida toda pelo seu peso, é levada a emagrecer pelas consequências da vida.

Sua beleza transparece e ela conhece Bob, um preparador de misses para concursos de beleza que investe todas as suas cartas na garota, o que ele não contava é, em meio a garotos bonitos e dramas adolescentes que tiram o foco da sua competidora, o fato de que ela é uma assassina complica e muito a vida deles.

Infelizmente a série não terá mais que duas temporadas, pois foi acusada por alguns espectadores de gordofóbica, mas a trama é incrível, agitada e vale muito a pena.

 

2. Além da Imaginação

Clássico do mistério antigo, a série foi renovada pela Amazon Prime e traz uma nova versão, mais moderna e um pouco mórbida do aclamado The Twilight Zone. A antologia conta uma história diferente por episódio, desde casos de racismo a missões espaciais, mas que se perdem na razão, quando são literalmente levadas além da imaginação.

SPOILER: o último episódio foi realmente muito especial, quando uniu a essência do novo ao antigo e transformou o backstage da série em uma história de encerramento, tendo a própria ‘roteirista’ como protagonista das cenas.

 

3. Lúcifer

Mesmo não sendo uma série tão recente, ainda tem muita gente que não deu uma chance para o Diabo. A história conta como foi a decisão do príncipe das trevas em abandonar o seu império para abrir uma boate em Los Angeles.

A série, que une um toque de realidade sobre as crenças com humor e teores investigativos é realmente apaixonante, afinal, até um anjo caído é capaz de se ferir ao se apaixonar.

A série, após um cancelamento, foi comprada pela Netflix, que a renovou e promete uma última temporada.

 

FOTOS PARA POSTS (8)

O que eu achei de Aves de Rapina | Harley Quinn

Oi pessoas, tudo bem?

Talvez esse post esteja saindo tarde demais e eu nem sou especialista em cinema para falar tanto sobre isso, mas o blog é meu e eu falo do que quiser <3.

Hoje vamos falar sobre Aves de Rapina, que trata da emancipação fantabulosa da querida Harley Quinn de seu pudinzinho, Coringa. Mesmo o filme tendo lá suas críticas, eu vi todo o enredo como algo muito maior do que apenas uma comédia nada romântica.

Primeiramente, a emancipação se deu não só pelo fato de terminar o namoro, mas também da proteção que a imagem masculina projetava sobre a protagonista, o que – mesmo não sendo A feminista, entendo perfeitamente – pois em algumas situações traz a falsa (ou verdadeira) sensação de segurança, de defesa e o filme mostra que mesmo sem um homem ao seu lado, é possível sim mostrar sua inteligência, suas habilidades e se defender, sem decotes e vulgaridade (caso você não tenha percebido que durante o filme ela usa uma camiseta branca sem decotes, mostrando que a mulher não é um objeto que desejos).

Ter mulheres como protagonistas e trilhas sonoras com vozes femininas, como Heart, é sim, do meu ponto de vista, importante, necessário e que deve ser quebrado como paradigma, que deve parar de ser ridicularizado ou criticado, simplesmente por parecer sem graça para uns ou outros.

Esse assunto pode parecer chato, batido ou sem fundamentos e eu entendo os dois lados da moeda, pois conheço homens e mulheres – de verdade – que também entendem os princípios de cada um. É triste ver que mesmo depois de tanto falar e fazer, ainda assusta algumas pessoas ver mulheres em filmes, reuniões, cargos ou posições que não se tratam apenas de corpo bonito e boca fechada, mas saber que, aos poucos algumas coisas estão mudando – mesmo que a minúsculos passos – já me dá uma leve esperança de que a minha futura filha deixe de ver ou ouvir coisas que eu já tive que ouvir e ver, não só sobre os filmes com mulheres, mas sobre todo o resto.

De maneira geral o filme é divertido, com edições interativas e cenas envolventes de luta e agressões, típicas da cinematografia, vale a pena curtir a filmagem no fim de semana.

 

FOTOS PARA POSTS (7)