Arquivo da tag: site

Nota

Em junho deste ano o Agatacett´s Blog completa 3 anos de existência e foi neste mesmo ano que o site tomou uma dimensão admirável, recebendo mais de 200 comentários por dia e, no total, mais de 1.000 comentários em uma semana. Todos os comentários foram internacionais e infelizmente não consegui responder todos, então vou explicar nesse post e responder algumas perguntas que e fizeram em três tópicos resumidos.

Posso divulgar seu blog nas minhas redes sociais?

Sim, claro que pode e sempre que quiser, apenas divulgue o link do blog junto ao post desejado.

Me indicaram seu blog.

Obrigada a todas as indicações e fico muito feliz que tenha realmente seguido as recomendações dos seus amigos, acessando o meu site.

Elogios sobre post e escrita.

Realmente é muito difícil pensar em algo para escrever, então agradeço a todos os comentários que elogiam o meu trabalho, pois isso é realmente muito importante para mim e impulsiona o andamento do meu trabalho.

Muito obrigada a todos vocês que leem meu blog e acompanham o meu trabalho. Isso é realmente muito importante para mim.

 

obrigada

 

 

 

Agradecimento

Anúncios
Nota

A Salvat lançou uma linha para colecionadores com 18 modelos de guitarras e baixos que marcaram a história do rock.

O primeiro fascículo está disponível por R$ 12,90, sendo que a primeira guitarra é a ”Guitarra Rock”  que foi usada pelo Hendrix e Eric Clapton. Cada fascículo acompanha uma revista que dá informações sobre a guitarra, os intérpretes mais conhecidos pelo seu uso, as características, estilos e momentos marcantes.

Guitar Collection: Guitarra RockGuitar Collection: Guitarra Heavy MetalGuitar Collection: Guitarra Psicodélica

 

Guitar Collection – Nova Série

Nota

 

Gênero: Rock

Subgênero: Glam/ Sleaze

Local: Birmingham

Influências: Tyketto; Motley crue; Firehouse; Steelheart; Kiss; L.A Guns; Poison; Guns n Roses; Vain; Pretty Boy Floyd; Skid Row; White Lion e Danger Danger.

Membros:

Jonny Sparks – Lead Vox, Rhythm Guitar

Tryx – Lead Guitar, Backing Vox

KC Valentine – Bass Guitar, Backing Vox

Mikey Toye – Drums

Websites:

http://www.lovebiteofficial.com/

Vote:

https://www.facebook.com/hardrockcafemanchester?sk=app_205164529573076&app_data=eyJpZCI6IjI2OTYiLCJhcnRpc3RfaWQiOiIxNDg0NDQxbCJ9&ref=ts

Songs:

https://www.reverbnation.com/lovebiterules/songs

 

 

Lovebite

Nota

Rardyss Hard Rock and Classic

HOME: http://ilmar09.wix.com/rardyss

OUVIR RARDYSS: http://ilmar09.wix.com/rardyss#!musica/c1x9v

VÍDEOS: http://ilmar09.wix.com/rardyss#!videos/c9qb

FOTOS: http://ilmar09.wix.com/rardyss#!fotos/c60z

DOWNLOADS: http://ilmar09.wix.com/rardyss#!downloads/cb30

CONTATO: http://ilmar09.wix.com/rardyss#!contact/c21nl

 

Site Rardyss

Nota

Na verdade, a matéria seria sobre o preto e branco da época de Mae West, mas ao pesquisar melhor o figurino dela resolvi mudar o rumo do blog.

Mary Jane West nasceu em 1893, em Bushwick, no estado de Nova York, filha do boxeador Jack West e de mãe francesa. Começou aos 5 anos a trabalhar no teatro. Estudou bailado, atuou em espetáculos de variedades e em 1918 lançou o tipo de dança “shimmy”, que alcançou grande popularidade nos anos 1920. Escreveu novelas como “The Constant Sinner” e numerosas comédias, como “Diamond Lil”, caracterizadas pelo tom frívolo e picante. Algumas delas foram interpretadas pela própria Mae no teatro e no cinema.

Desde o começo da carreira, no “Caf’Conc”, em 1917, ela já chamava atenção com sua voz quebrada, a silhueta de formas pronunciadas e a atitude provocante. Converteu-se em pouco tempo no que se chama uma “estrela”.

 Sua consagração teatral veio em 1926, com a peça “Sex”, de sua autoria. Tanto o texto quanto a forma de atuar de Mae West eram de tal forma insólitos para a época, que os jornais se negaram a dar publicidade à obra. Mas o espetáculo resistiu a 375 apresentações com a casa lotada, até que a Sociedade para a Supressão do Vício conseguiu retirar a peça de cartaz. A autora foi condenada a 8 dias de prisão, por “corromper a juventude”.

Mae West sofreu o mesmo ”preconceito de revolução” da boneca dos desenhos Betty Boop

Sua foto polemica nos quartéis, os adolescentes a escondem em seus livros, os choferes a exibem em seus caminhões. Seu nome lembra o pecado tal como ele era concebido pela puritana América da época.

Em 1955, a atriz publicou a coletânea de suas canções: “The Fabulous Mae West”. Em 1966, dois álbuns de rock.

Os anos 1950 e a modificação da imagem da mulher viram Mae West afastar-se do cinema. Porém não do show business. Organizou então uma turnê por night-clubs, onde cantava seus êxitos de antes da guerra, cercada por jovens embevecidos muito mais por suas expressões corporais que por seu talento.

O busto avantajado levou-a inclusive a “participar do esforço de guerra”: a RAF (aviação britânica) deu seu nome aos coletes salva-vidas.

No ano de 1932 chegou a Hollywood com um contrato da Paramount de 5000 dólares por semana. Trabalhou sucessivamente em “Night After Night”, “She Done Him Wrong” (que bateu todos os recordes de bilheteria) e em “I’m No Angel”, todos filmes sem mensagens substanciais e de cujos roteiros participou, que destacavam seu “toque” sexy.

Mae  West tinha muitas frases marcantes

Mae West morreu no dia 22 de Novembro de 1980 aos 87 anos, após sofrer uma série de acidentes vasculares cerebrais. Encontra-se sepultada em Cypress Hills Cemetery, Brooklyn, Kings County, Nova Iorque nos Estados Unidos.

O Figurino de Mae West