4 passos para criar um hit de sucesso | Música

Oi, pessoas, tudo bem?

Antes da internet e na era remota do pouco acesso à informação, era difícil fazer com que qualquer coisa realmente bombasse. Hoje a navegação de dados com mais agilidade facilitou o processo para muitas áreas, inclusive a música. Então se você tem alguma coisinha gravada e quer mostrar ao mundo, siga esses passos e depois me diga se deu certo, ok?

  1. Esteja presente

Quem não é visto, não é lembrado! Esteja em todas as mídias pertinentes ao nicho musical, incluindo Instagram (de preferência ao  perfil para negócios, para ter acesso às métricas de acesso), página no Facebook, grupos de músicos e bandas no Facebook, SoundCloud, Spotify e YouTube.

Lembre-se que bom senso é tudo, ou seja, se você tem uma banda de Heavy Metal,  o Pinterest e o  LinkedIn não são para você.

2. Conte com os amigos

Todos dizem que é na hora da necessidade que sabemos quem são nossos verdadeiros amigos, não é? Então aproveite esse momento para contar com eles, enviando um texto pessoal e convidativo, com a sua linguagem, para as pessoas que você conhece, convidando-as para ouvir e as ‘desafie’ a compartilhar.

”E ai, XXX beleza? Finalmente tomei coragem de lançar a minha música para a internet inteira ouvir e como você sempre esteve comigo nessa caminhada, te convido a ser um dos primeiros a prestigiar esse trabalho. Aproveita para participar do desafio #BandaX e compartilha com um amigo seu, que vai curtir esse som também. Obrigado e espero que goste!”

O segredo é não parecer comercial demais, afinal, você está falando com pessoas que já te conhecem e sabem como você realmente as trata.

3. Divulgue-se

Há muitos meios de mostrar a sua música, então busque rádios que aceitem envio de sugestões via Whatsapp, por exemplo, ou que possuam em sua programação um espaço para autorais, fale com rádios online e blog de música.

Aliás, você pode divulgar o seu som no Agatacett´s Blog, clicando aqui .

4. Tenha personalidade

Não grave o que as pessoas querem ouvir, mas sim o que você quer cantar, pois personalidade é tudo e criar o seu próprio nicho de ouvintes cria um engajamento maior e mais duradouro.

Lembre-se que tudo leva tempo e que demanda muito esforço, mas levando essas dicas adiante e acreditando no seu potencial, você vai ver que isso vale muito a pena!

 

XoXo

Agatacett

 

FOTOS PARA POSTS (3)

Galveston | Livro de Janeiro

Oi pessoas, tudo bem?

Quem convive comigo sabe que amo livros, principalmente físicos, e que ler é uma das minhas paixões, mas com a correria do dia-a-dia, estava me dedicando muito pouco a isso. Por inúmeros motivos, a leitura é extremamente importante para o desenvolvimento de uma pessoa e creio que isso funciona como uma terapia.

Por esse motivo, estipulei a mim a meta de 1 livro por mês, mas esse não pode ser gibi, almanaque ou panfleto, ta? Tem que ser livro mesmo, de algum assunto, real ou não, que possa contribuir no meu crescimento como pessoa e profissional (mas os gibis ou HQs podem ajudar a dar aquele ânimo.

O livro de janeiro foi Galveston (Editora Intrinseca), escrito por Nic Pizzolatto e conta a história de um cobrador (falo da parte suja do serviço) que teve seus pumões corroídos por um câncer, o que assombra a sua existência. Após uma emboscada de seu chefe, que ele acredita ter sido elaborada pelo fato de ter namorado Carmen, a atual namorada do Stan, o mandante deste crime.

Ele consegue escapar e como um ato de bondade consigo mesmo, dá uma carona para Rocky, uma garota nova e bonita que foi levada à prostituição por inúmeros fatores em sua vida, mas o que seria apenas uma carona em direção à cidade de Galveston, no Texas, se torna uma relação familiar, fraternal e quase romântica entre o protagonista, a garota e Tiff, uma garotinha resgatada por Rocky (Raquel).

O livro é de fácil linguagem, atrativo e envolvente em sua história, que com certeza levarei comigo na minha lista de leituras favoritas.

 

FOTOS PARA POSTS (2)

Primeira do ano | AL9

Oi pessoas, tudo bem?

As entrevistas aqui no blog vão retornar e para abrir essa nova temporada com chave de ouro, nada melhor do que conversar com o meninos da banda que já mora nos nossos corações, a AL9.

Já faz um tempinho desde a nossa primeira entrevista com a AL9. O que mudou neste período?

Conquistamos muitas coisas legais! Lançamos um EP com 7 faixas autorais, que está tendo uma ótima repercussão, inclusive a primeira música do álbum, “Ela Me Ligou” está indo muito bem e abrindo muitas portas para a gente! Além de tudo isso, fizemos shows em festivais aqui no Brasil e nos Estados Unidos, tivemos participações em TVs e rádios nacionais e internacionais! E as coisas boas não param de vir!

Quais são os planos da banda para 2020?

Muitas novidades estão chegando aí! Vamos fazer nossa primeira Live Session em estúdio e sorteamos alguns fãs para acompanhar a gente, muitas músicas novas, shows, e em março, estaremos dividindo o palco com Tony Bramwell da gravadora Apple Records, Patti Russo, que já cantou no Queen e Micky Dolenz, ex integrante do The Monkees, no festival Beatles On The Beach, em Delray Beach, Flórida, Estados Unidos.

Vocês estão se tornando uma grande autoridade musical, relacionados à maior inspiração de vocês, os Beatles. Como se sentem com essa demanda nacional e internacional?

O nosso público vem aumentando cada vez mais, o que é muito legal! A gente nem esperava essa reação do pessoal de fora do Brasil, e estamos muito felizes com isso.

Como o público reage a vocês pessoalmente? Está sendo do jeito que esperavam no início?

Sim! Ver o carinho do público é muito legal, incrível ver tudo isso pessoalmente e pela Internet.

Vocês são os primeiros entrevistados desde o retorno do blog. Deixem um recado aos leitores dessa nova geração.

Todos vocês!!! Sigam seus sonhos, nunca deixem de acreditar! E escutem a Banda AL9 (risos)

FOTOS PARA POSTS (1)

O lado místico dos gatos | Thor

Oi pessoas, tudo bem?

2019 realmente não  foi um ano fácil para ninguém, inclusive para mim, até que fui presenteada com um pequeno ser que mostrou que o amor pode vir de várias formas, inclusive em forma de gato.

Misticamente falando, os felinos é um grande foco de energia, sendo extremamente sensível aos estímulos da casa, das pessoas e dos ambientes. É um animal mais reservado, mas que, quando entende que é amado e cuidado, não economiza carinho e ronronados.

Na cultura Wicca, o gato é um familiar que, em espírito ou em animal, acompanha a bruxa, sendo seu companheiro, acreditando-se, inclusive, que são espíritos encarnados, enviados para proteger. Já na cultura egípcia, o gato é um animal sagrado, representado em forma de deus por Bastet, que é a divindade do Sol e da fertilidade.

E foi por esses e muitos outros motivos que o Thor entrou na minha vida, para trazer boas energias, renovar a casa, amar e ser amado como o pequeno filhote que é. Seu nome foi escolhido justamente em homenagem ao deus Thor, filho de Odin e responsável pelas batalhas e trovões e ele é realmente um gatinho muito guerreiro, destemido e protetor, realmente não havia nome melhor.

Lembro aqui que gatos e qualquer outro animal não são brinquedos, são seres vivos que precisam de cuidados especiais e são uma grande responsabilidade para a vida toda, além disso, nenhum animal, independente de sua raça ou cor deve ser utilizado em rituais ou cultos de qualquer crença, isso é desumano e inaceitável. Um animal é uma representação da vida como os humanos e as plantas, por exemplo, e devem ser respeitados como tal.

Além disso, busque sempre locais com procedência confirmada para adoção. Muitos pet shops hoje disponibilizam a adoção consciente, de animais já castrados, vacinados e vermifugados, que passam por diversas triagens antes de serem encaminhados para adoção.

Espero que vocês possam encontrar o amor de um felino assim como eu encontrei e que ele seja seu companheiro, assim como o Thor é o meu, eternamente.

 

FOTOS PARA POSTS
O gatinho SRD Thor, popularmente chamado de frajola pelo mix de pelos brancos e pretos.

5 bandas nacionais que você precisa conhecer | MÚSICA

Oi pessoas, tudo bem?

Muito falamos sobre ‘fortalecer a cena underground do Rock’, mas pouco indicamos e ouvimos realmente o potencial dessas pessoas, que dedicam suas vidas à fazer música de verdade. Por isso, reuni 5 das inúmeras e maravilhosas bandas que existem aqui no Brasil para você incluir na sua playlist e seguir nas redes sociais.

E ai, qual é a sua favorita?

  1. Mattilha Crew

 

2. Inlutz

 

3. AL9

 

4. Liférika

 

5. Parque Florenza

 

 

 

 

 

 

 

 

Rock2You | Market

Oi pessoas, tudo bem?

Você já pensou em empreender no mundo do Rock N’ Roll? Expor produtos e transformar o seu estilo de vida em uma fonte de renda?

Foi isso que o pessoal do Rock2You fez! Gostei do projeto e conversei com uma das responsáveis por manter ele no ar, a Letícia.

A Rock2You é um Marketplace, ou seja, uma plataforma de cadastramento de lojistas do ramo do Rock N’ Roll para que possam vender seus produtos de maneira democrática, atingindo um público maior. Assim, ao acessar o site, você consegue informações e fotos de diversos itens que pertencem a lojistas diferentes. Você escolhe o que quer adquirir, finaliza a compra e recebe tudo na sua casa.

Entre os produtos hospedados pela marca estão: livros, cd’s, moda, decorações, instrumentos musicais acessórios e cursos. A Rock2You ainda possui parcerias com estúdios de ensaios e gravações.

”O idealizador do Rock2You, Fabio Silva é guitarrista da banda Kavla e as funcionárias também são apaixonadas por rock. Por isso a ideia de criar um site onde é possível encontrar qualquer produto relacionado ao estilo musical sem precisar abrir várias abas no navegador.”

Recentemente, a empresa teve a sua primeira participação em um festival, o Canil Fest VI, que contou com a presença das bandas Mattilha Crew, Sioux 66, Laboratori, Furia Inc e Mercy Shot.

Para conferir os produtos disponíveis no site, clique aqui.

 

FOTOS PARA POSTS.png

Casa Travessia | Lar

Oi pessoas, tudo bem?

Recentemente eu tive o prazer de conhecer a Casa Travessia, um local que se refugia em meios aos embalos da Avenida Paulista e da Alameda Santos, para trazer um toque de calmaria às pessoas que buscam algo novo.

Em uma conversa com as idealizadoras, descobri a importância desse centro cultural para o desenvolvimento de projetos e da economia colaborativa, já que a casa acolhe desde expositores que desejam vender o seu produto (produzido artesanalmente e de maneira consciente), até peças teatrais e palestra que abordam assuntos que devem ser trabalhados pela sociedade, tais como o poder da mulher no mercado de trabalho e o preconceito.

A ideia de dar voz a este público surgiu da necessidade de ensinar meninas a importância de seus corpos e que todos somos lindos e temos a nossa própria essência, independente de cor, tamanho ou criação, dúvidas estas que surgem no início da adolescência. Agora, se você gosta de rituais, magia natural ou só precisa de um banho energético, você precisa conhecer este lugar, pois, entre os produtos vendidos, estão os incensos e produtos de aromaterapia.

Peças de roupas lindas e itens de decoração complementam a beleza do espaço.

 

Casa Travessia

Alameda Santos, 2528 – São Paulo, SP

Horário de funcionamento:

De segunda a sexta-feira, das 11h às 18h

Sábados, das 11h às 17h

Para locações e informações sobre produtos, envie uma mensagem para Instagram oficial da casa.

 

FOTOS PARA POSTS (1)

FOTOS PARA POSTS