Arquivo da categoria: Sem categoria

Nota

Oi pessoas, tudo bem?
O final de ano está chegando e é claro que eu não poderia deixar de presentear vocês, não é? Mas dessa vez vai ser diferente!
Você tem uma banda de rock e quer alavancar suas redes sociais? Pensando nisso o Agatacett’s Blog, em parceria com a Think2Mark vai ceder à banda vencedora desse concurso um engajamento de Instagram e ainda terá asessoria digital por um mês, com direito a um post comemorativo aqui no blog! Curtiu?
Para participar, basta enviar por inbox na nossa página oficial do Facebook ou pelo direct do nosso Instagram as seguintes informações:

  • Nome da banda;
  • Instagram da banda;
  • Link da música ou vídeo da banda;
  • “Quero ganhar o sorteio porque…”

As bandas selecionadas participarão de uma votação e o público vai escolher o vencedor.
Etapas:

  • Inscrições até 25 de novembro
  • Abertura da votação dia 26 de novembro
  • Encerramento da votação e divulgação do vencedor no dia 23 de dezembro

Boa sorte a todos 😉
XoXo Agatacett!

Mural do Rock 2017 | Seleção

Anúncios
Nota

 

Oi pessoas, tudo bem?

Você faz aniversário em Outubro ou apenas quer fazer uma bela festa a fantasia? Então esse post foi feito para você! Aqui você vai aprender as melhores dicas para uma super festa temática!

  1. O lugar

Quando comentei sobre o Dia de Diva das meninas da novela Carinha de Anjo, eu disseResultado de imagem para halloween foods que uma boa festa poderia ser feita em qualquer lugar, mas se você quiser um local fechado, eu recomendo o Zupallo Buffet, porque a melhor parte de um buffet são os brinquedos e lá os adultos também podem se divertir com eles.

Para uma festa de Halloween bem ”bruxesca”, um local aberto e rodeado pela natureza também é uma boa pedida, mas lembre-se sempre de respeitar o local, mantendo-o limpo e mantendo as crianças longe do fogo, caso você queira acender uma fogueira, como é feito nas comemorações tradicionais do dia 31 de outubro.

Decore o lugar com tules nas cores laranja, preto, lilás e branco, espalhe balas e pequenos chocolates pela mesa (isso pode substituir os tradicionais brigadeiros e beijinhos) e conte com uma forcinha para assustar os seus convidados, com a equipe da Magicamente Produções.

2. Os comes e bebes

Essa é a parte mais divertida de uma festa de Halloween ou de aniversário (ou de Halloweensário). O legal é que você pode aproveitar de tudo para fazer com a mesa seja parte da decoração. Dá só uma olhadinha nessas ideias práticas e que você pode preparar com a ajuda dos seus amigos

Resultado de imagem para halloween foods

Resultado de imagem para halloween foods

Resultado de imagem para halloween foods

Imagem relacionada

3. A Playlist

Além das músicas óbvia, como Thriller e Goosebusters, você pode deixar rolar algumas músicas que compões a tradição das festividades voltadas a nossa tão amada bruxaria, além de realmente acalmar os ânimos e trazer aquela leveza ao ambiente, são super convidativas e eu tenho certeza que seus convidados vão aprovar.

 

 

Gostou das dicas? Agora é só curtir a sua festa e registrar cada momento com o Higor Wood.

Dica Bônus: você pode montar kits com máscaras, dentaduras de brinquedo e tintas de rosto para aquela galera que não quer usar uma fantasia completa na sua festa, mas não quer perder a oportunidade de se divertir.

XoXo Agatacett

3 Birthday Tips | Halloween

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

 

Ah, como eu amo o mês de outubro! Esse mês é sempre repleto de festas, doces, decorações e…assombrações!? Não, não, pode ficar tranquilo. E para começar com as garras direitas, vamos dar uma olhadinha na agenda de festividades desse ano? Você não pode faltar nossa comemoração!

Resultado de imagem para lua cheia

 

Meditação de Lua CheiaImagem relacionada

Quando: 5 de outubro, a partir das 20h

 

Entrada: Gratuita

Local: Parque Celso Daniel, Santo André.

Promovido por: Bosque dos Gnomos

 

1ºFestival de Halloween 

Quando: 8 de outubro, das 10h às 22h

Entrada: Compre Ingressos Aqui

Local: Clube Zodíaco, Rua Capricórnio, 125

– Vila Guiomar, Santo André -SPImagem relacionada

Promovido por: Bosque dos Gnomos

 

3º ENCONTRO DAS BRUXAS

Quando: 21 de Outubro, das 16h às 22h

Entrada: R$15,00

​Local: Rua Laura, 511 – Centro, Santo André – São Paulo

Reservas: (11) 2379-2050

Promovido por: Bosque dos Gnomos

Festa de Halloween

Quando: 28 de outubro, das 19h ás 02h

Entrada: R$15,00 – com fantasia
R$25,00 – sem fantasiaResultado de imagem para festa de halloween

Onde: Rua Laura, 511 – Centro, Santo André – São Paulo

​Reservas: (11) 2379-2050

Halloween da Tex

Quando: 28 de outubro, às 18h

Entrada: Envie a lista

Onde: Rua Augusta, 1053 – Consolação, São Paulo – SP

Observação: Entrada proibida para menores de 18 anos

 

Zombie Walk SP 2017

Quando: 2 de novembro, às 15h e caminhada às 17h

Entrada: Gratuita

Onde: Praça do Patriarca – Centro, São Paulo – SP

 

 

 

Na sua cidade, como estão os preparativos de Halloween? Conta pra gente e continue acompanhando o Agatacett´s Blog para ver todas as novidades!

XoXo Agatacett´s Blog

 

 

 

Welcome October! |Halloween

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

Hoje entrevistei a banda Colônia Cratera, que me chamou muito a atenção pela sonoridade da  música Grande Migrânea e é claro que eu desvendei esse segedo para vocês!

A música Grande Migrânea possui um som bem diferente no início da música. Podem nos contar os segredos do efeito sonoro?

 Claro! Até porque não há nenhum grande segredo, apenas muitas horas de trabalho. Como somos uma banda conceitual e queremos contar uma história, procuramos fazer com que todo som seja climático e o mais imersivo possível. Para isso, nosso guitarrista e vocalista passou várias horas na frente do seu teclado/controlador midi, explorando vários tipos de sintetizadores digitais. Cada vez que encontrava um efeito legal, separava e ia adicionando novas camadas. Todos os efeitos e interlúdios foram feitos assim.

Qual foi o lugar mais legal que vocês já tocaram e onde desejam tocar?

Todos os lugares que tocamos foram legais a sua maneira. Mas é impossível não destacar o festival Colônia Fest, promovido pela prefeitura de São Paulo no Bairro Cratera da Colônia. Isso não só porque o festival é grande, bem diversificado e organizado, mas também porque foi desse local, uma comunidade construída dentro de uma cratera de impacto de meteoro, que surgiu a inspiração do nome da banda e todo nossa temática.

O Rock N’ Roll Underground é tão desvalorizado quanto falam, na opinião de vocês?

Essa é uma boa pergunta: complicada e polêmica (risos)! Como você mesma cita em seu blog, o rock underground é um estilo de vida. Então, quem está no meio, seja banda, produtor ou público, quem se importa mesmo, apoia e valoriza. Vemos isso com a resposta que obtemos a cada show que fazemos. Mas claro, ainda há falta de estrutura, poucos circuitos pra tocar, produtores que só querem saber de banda cover, entre outras inúmeras dificuldades.

A imagem pode conter: texto

 

O que vocês pretendem transmitir com a música?

Há vários níveis que queremos atingir com nossa música. Há, primeiramente, uma história que queremos contar, mas dentro dela, como uma mensagem criptografada, existem várias metáforas que podemos transpor para a situação do nosso país, da cena do rock underground, até mesmo para nível pessoal. O mais importante para nós é que possamos experimentar, explorar nossa criatividade como músicos e que a banda se torna um depositário das nossas reflexões artísticas. Se as pessoas gostarem, tanto melhor!

”Sequências de catástrofes naturais e guerras globais encolheram e segregaram as comunidades humanas.” De onde surgiu essa inspiração?

Na banda, somos todos grandes fãs de livros e filmes de ficção científica. Apesar de evoluir como uma “space opera” e incluir vários planetas e luas, a história começa num cenário pós-apocalíptico, cuja a inspiração maior veio do livro “Um cântico para Leibowitz”, de Walter Miller Jr. e da série de filmes “Mad Max”, de George Miller.

Tem algum recado para os leitores do Agatacett´s Blog?

Agradecemos aos leitores pelo interesse, afinal, se você está aqui é porque você curte muito o rock e passou da fase de depender da grande mídia e agora caminha com as próprias pernas. Queremos parabenizar também a iniciativa do blog, de contatar e divulgar bandas independentes, essa atitude fortalece a todos os envolvidos! Por fim, quem se interessou, confira o nosso EP Grande Migrânea, disponível no nosso site, coloniacratera.com . Um grande abraço a todos!

Colônia Cratera | O Segredo da Imersão

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

A banda entrevistada de hoje foi a Octopus, que surgiu no ABC Paulista e nos contou um pouquinho sobre divulgação e fortalecimento da Cena Underground da cidade.

De onde vocês são e como a sua música é aceita no local?
Nós somos o Octopus, do ABC Paulista, precisamente de São Bernardo do Campo. Nossa música vem sendo aceita com uma receptividade muito boa, ainda mais após o lançamento do EP “Jahaz”, ocorrido em junho. A música do Octopus vem atraindo pessoas de diferentes nichos musicais.
Muitas bandas questionam a questão da divulgação. Como vocês se organizam com isso? Todos ajudam?
Sempre colocamos como prioridade a qualidade da divulgação, a fim de atrair mais pessoas por meio de artes que chamarão a atenção, para passar uma boa imagem, já que nós que temos que cuidar desta parte e não tem como, música e imagem andam de mãos dadas. E sim, é necessário que todos os membros ajudem de alguma forma.
O que pode melhorar no Rock N’ Roll brasileiro?
O que pode e deve melhorar no Rock N’ Roll brasileiro, primeiro de tudo é essa segmentação e radicalismo que só acaba tornando tudo mais difícil, porque há muitas bandas muito boas, com algo valioso a dizer. Então o primeiro passo é abrir a cabeça para ouvir bandas novas, ir aos shows, criar demanda.
Como vocês ajudam a fortalecer a Cena e o que tentam transmitir?
Nós sempre achamos que a união entre as bandas, até de estilos diferentes, faz toda a diferença, então sempre procuramos nos unir com outras bandas e fazer algo relevante para a cena, correr atrás e fazer os nossos próprios corres.
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Na hora de criar um novo som, o que é mais importante?
O mais importante é que sintamos a música é honesta, que vem da alma, assim sempre terá alguém que se identificará e conectará com ela.
Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?
Sempre procurem por novas bandas, compareçam aos shows, pois vocês têm a força de manter a cena viva. Muito obrigado pelo espaço! Para quem não nos conhece, acessem nossa página no Facebook, lá vocês ficarão por dentro de todas as novidades, e ouçam o nosso EP “Jahaz”, de preferência no volume máximo!

Octopus | ABC Paulista

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

No dia 2 de setembro o Agatacett´s Blog fez a cobertura do evento ”Dia de Diva e Dia de Astro”, que aconteceu na My Cast Agência para a pré-festa da icônica Isa Nakahara, atriz na novela Carinha de Anjo – SBT – e, pensando nisso, preparei um post exclusivo com dicas para fazer uma festa super fácil para o seu pequeno.

índice

O tema da vez foi ”astros mirins”, então a dica número 1 é que você pode adaptar o tema para os ídolos do seu filho ou filha, como por exemplo astros do Rock N’ Roll ou do cinema.

Na correria do dia a dia, não temos muito tempo para planejar uma grande festa sozinhos, então a dica número 2 é que você pode utilizar os espaços da sua casa para criar ambientes que contem uma história, mesmo que divididos, o que nos leva a dica número 3, ou seja, utilize os móveis e itens de decoração que você já possui para complementar o tema.

A dica número 4 é que, se você tem aquele amigo que saiba fazer algo bem bacana, como entretenimento, jogos, spa day ou toca algum instrumento, convide-o para mostrar suas habilidades aos convidados. A My Cast, a exemplo, levou uma massagista que fez também uma hidratação facial nas pequenas divas e nos nossos astros.

A dica número 5 vai ser o ponto da festa: prepare uma bela mesa com muitos doces. Eles devem ser fáceis de pegar (finger food), como cupcakes e brigadeiros e podem ter as cores da festa. Quando encomendado com alguns dias de antecedência, as confeitarias conseguem fazer uma verdadeira magia na mesa principal. Além de alimentar, os doces vão complementar toda a decoração da festa, encantando os convidados.

Já aproveito para parabenizar o trabalho maravilhoso feito pelas empresas La Bassani e seus deliciosos quiches, bolos e doces e a famosa Brigaderia, por seus brigadeiros deliciosos, que adoçaram o evento do início ao fim.

22

A dica número 6 é: faça uma sessão de fotos temática com os convidados (no evento, o Higor Wood e a Thais Yokoyama deram conta do recado). Eles vão se divertir com toda a produção e poderão postar as fotos em suas redes sociais com uma hashtag da festa, a Isa escolheu #NakaharaParty para os seus posts.

Festa que é festa precisa de uma recordação especial. Você pode preparar um brinde (handmade – feito à mão) ou deixar isso com empresas especializadas, como a Original Paper e suas fofuras personalizadas, a Silvia Polito e seus lindos bichinhos de pelúcia ou a Innovare e aqueles maravilhosos diários de viagem, sendo a nossa dica número 7.

E claro que a dica número 8 é a playlist! Escolha músicas que tenham ligação com o tema e você pode separar um pedacinho do espaço para servir como pista de dança.

Seguindo esses passos, a festa do seu baby vai ser um verdadeiro sucesso e a diversão vai ser garantida até mesmo para os adultos!

 

Faça a festa | Kids

Nota
Oi pessoas, tudo bem?
Hoje entrevistei o artista solo Victor Mendes, que criou letras super fáceis para as suas músicas e nos explica o porquê dessa escolha. Vem conhecer mais sobre esse artista e compartilhe com seus amigos!
Suas letras são simples e fáceis de decorar. Isso é proposital?
Sim sim! Mas nem sempre foi assim: quando comecei, gostava de fazer textos com maior nível de complexidade e, por vezes, com letras abstratas. Até que um dia eu fiz uma música simplona com 4 acordes “caretas” (tétrade padrão sem inversões) e gostei muito da repercussão: quando apresentei à primeira vez em show já tive uma receptividade muito boa do público.
E essa também é a minha verdade, porque eu sempre gostei muito de ouvir e estudar o POP (além do óbvio Rock N’ Roll), então me dediquei a tentar fazer composições de fácil assimilação e que tentem proporcionar uma identificação rápida e um entretenimento mais leve. Na verdade, acho que é porque estou vivendo, de fato, uma fase muito leve de minha vida!
Os vídeos dos singles que você produz são muito bem gravados e planejados. Como funciona a sua equipe?
Eu fiz parte de uma banda e gostei muito. Por diversas razões a vida me conduziu hoje a uma carreira artística solo. Embora seja eu que assuma o trabalho de composição e produções musical e executiva, existem pessoas que me auxiliam bastante! Conto com auxílio nos bastidores administrativos do Julio Salinas e, também, do Renan Matias – dois dedicados profissionais e, a essa altura, já dois amigos. Possuo uma banda fixa no RJ; e, em SP, ainda há uma certa rotatividade dos músicos.
O Agatacett’s Blog divulga o bom e velho Rock N’ Roll, mas seu estilo é diferente. Como você se define?
Durante muitas vezes não fiz a menor ideia do que responder a essa pergunta que é realmente muito frequente e, claro, importante. Hoje, diria: Pop-Rock (seja lá o que isso signifique rs)
Pode montar uma playlist com suas cinco músicas favoritas?
Minha playlist atual, sem ordem hierárquica de preferência:
  1. November Rain – Guns N’ Roses
  2. Bohemian Rhapsody – Queen
  3. Slow Motion Bossa Nova – Celso Fonseca
  4. Sir Duke – Stevie Wonder
  5. Hey Jude – Beatles

 

Tem algum conselho para os músicos brasileiros?
A vida musical não é nada fácil, mas é a coisa mais deliciosa de se experimentar! Faça com bastante amor, estude muito! Estude teoria musical, seu instrumento, gestão, marketing, seja eclético e tente pensar fora da caixa. Use o dobro do tempo que você já usa para compor letra de música: é esse o principal mecanismo de identificação pelo público, embora muitas vezes os músicos sejam a ela negligentes!
Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?
Espero que tenham se interessado pelo meu ponto de vista! Fico feliz em ver as pessoas ainda se interessando por música de qualidade: O trabalho aqui no blog está de alto nível! Deixo aqui meu convite para acompanhar meu trabalho nas redes sociais, sempre como “/umvictormendes”. Saudações Fraternas!!!!

Extremamente Fácil

Nota
Oi pessoas, tudo bem?
Por que ser ”do Rock” no Brasil é tão difícil? Freud explica! Ou melhor, o Jeferson, vocalista da banda Hevogan explica a sua visão da música nesse país tropical. Curtiu? Então já compartilha com seus amigos, para mudarmos esse conceito!
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e barba
Para vocês, fazer Rock no Brasil é difícil?
Fazer rock no Brasil é muito difícil!!! E a culpa principal é dos próprios rockeiros que não tem união e, em compensação, os outros estilos estão a todo vapor, quando um artista cresce, leva uma turma com ele e por mais ruim seja o trabalho deles… Estarão sempre em evidência.
Qual foi a maior conquista da banda até o momento?
Lançamento do nosso primeiro EP que se chama “outra direção”. Por mais simples que pareça, deu muito trabalho rsrs… Poder registar foi uma grande conquista
Na hora de divulgar, vocês têm algum conselho para os músicos?
Conselho básico: se coloque no lugar do público.
Você teria paciência em escutar por uma hora um show da banda que você não conhece a música? Você como público quer curtir e cantar junto, então muita cautela ao divulgar seu som, vai conquistando aos poucos quando menos esperar a sua música estará na boca da galera.
Você tem uma letra autoral favorita? Qual?
A música favorita se chama”Felicidade Relativa” e retrata que vale a pena fazer de tudo para ficar com alguém que você realmente ama.
Qual frase você leva como algo marcante na sua vida? 
Gratidão e honestidade sempre!!
Ser grato a tudo que você já conquistou e ser sempre honesto para que suas conquistas sejam dignas pois assim você sempre andará de cabeça erguida.
Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?
Salve galera!! Aqui é o Jeferson Emídio vocalista da banda Hevogan, Suzano SP.
Estamos a 10 anos na luta … Sempre levando o nosso rock poesia para o nosso público.
Agradeço  Agatacett’s Blog por fortalecer a cena, só assim leitores podemos conquistar o nosso espaço, com muita união e trabalho.
Forte abraço!!!

Hevogan | A dificuldade

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

Todo mundo sabe que ser músico no Brasil é bem complicado, não é? Mas o David contou para nós um pouco sobre essa vida tão inspiradora. Confira e compartilhe com seus amigos!

Uma coisa que me chamou a atenção foi capa do seu álbum. Pode falar um pouquinho sobre ela?

Bom, em primeiro lugar, para falar sobre a capa, eu preciso falar sobre o nome do álbum, que é ”Talvez? Não sei!”. Um disco sobre a vida, sobre duvidas e algumas raras certezas.

Certezas e dúvidas que transitam em todo disco. Falo de fuga, de encontro e esses são alguns dos motivos para que eu apareça tapando os olhos com as mãos. O ato de tapar significa a fuga e o encontro comigo mesmo.

A capa em vermelho simboliza o amor, e as rosas negras flertam com a melancolia de algumas canções, mas significam também uma nobreza, pois só é oferecida aos que realmente merecem.

A canção que abre o disco chamada ”Viagem” fala nas entrelinhas sobre vida e morte.

 

Você tem alguma inspiração nacional?

Sim, E com enorme prazer sou grande fã da musica brasileira em geral.

Nomes como Humberto Gessinger, Duca Leindecker, Belchior, Caetano Veloso, Cartola e Cazuza são grandes inspirações para mim. Bandas como Legião Urbana, Nenhum de Nós, e vários que contribuíram com o Rock brasileiro. A lista é extensa e vai de Adoniram Barbosa á Zeca Baleiro. 

 

Na sua opinião, o que falta para os jovens de hoje?

Bom, hoje eu acredito que com o poder de informação que temos, é imprescindível que o jovem busque a informação com qualidade. Falo de qualidade na questão mais intelectual do sentido. Praticar a leitura, se orientar, se posicionar.

Os jovens de hoje, acredito eu, tem tudo nas mãos para construir um país mais sério e honesto, mas falta um pouco de lucidez por grande parte e incentivo cultural.

Abranger mais os temas, educar e orientar os jovens de forma eficaz em todos os sentidos.

 

Música é cultura, cultura é acessível? Como você vê essa relação?

Música é cultura, e além disso, música é identidade. Você conhece um país, um estado, uma cidade através de sua música, que é uma forma digna de informação. Não só de entretenimento.

Hoje o nosso país e o mundo atravessa um período complicado, pois a economia influencia muito em tudo, sendo assim, a música se torna um produto, e o produto que vende mais, certamente terá mais fácil acesso. Alguns gêneros são deixados de lado, devido a este problema. Musica que vira produto, que vira dinheiro, que vira consumo, consumo que vira acesso. 

Este é um grande problema atual, pois uma das partes mais importantes da musica é o que ela transmite, onde ela chega, sobre o que ela fala. E devido ao ”boom” da musica pop e o próprio sertanejo que falava sobre o sertão, hoje veem suas raízes bebendo até cair. 

A imagem pode conter: 1 pessoa

 

Pelo que você vê, sua música é bem aceita para o público em geral?

Eu faço Rock, de qualquer forma é Rock. Então, sendo assim para uma grande parte do publico fica difícil uma aceitação, devido ao ”boom” que mencionei na resposta acima, mas de qualquer forma, minha musica possui um formato simples, com estrofe e refrão, cujas letras são cotidianas, quase crônicas. Escrevo minhas canções e além de ser escutada, ele pode ser lida como versos.

Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?

Galera! Apoie toda forma digna de informação e arte! Busque! Encontre!

Hoje temos acesso ao que quiser, basta um click.

Compartilhe ideias como este Blog, vale a pena, é um suspiro de ar nesse mar que navegamos!

Seja sempre um incentivador, o mundo tem críticos demais!

 

Grande abraço 

David Ballot.

Talvez? Não Sei! | David Ballot

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

Hoje eu vi falar um pouquinho sobre uma das últimas escolhas que fiz na minha vida, parar de comer carne!

 

Resultado de imagem para vegetarianismo

 

Não, eu não passo fome. Eu optei por ser ovolactovegetariana (ainda consumo ovos e laticínios) após uma aula no meu curso de Marketing, quando um dos meus professores nos contou como os cavalos eram tratados para que sua carne, mesmo que não recomendado, fosse consumida. E a verdade é que, depois disso, comecei a lembrar de muitas cenas bizarras que eu já tinha visto, como um vídeo 360º que mostrava a situação em que os porcos e leitões viviam e um caminhão de frigorífico com as portas abertas, mostrando os bois quase inteiros pendurados para o açougue.

 

Comecei a pensar se eu gostaria se alguém cortasse meu corpo para fritar um bifinho ou para comer aquele churrasco saboroso no fim de semana, então percebi que justo eu, que sempre amei os animais incondicionalmente, estava me alimentando deles. Eu sei que isso não vai mudar o mundo e que ainda sofro sérias tentações com a culinária japonesa, mas posso dizer à vocês que me sinto mais leve quando eu como, que o meu cardápio é super rico em vitaminas, proteínas e carboidratos que preciso e ainda por cima, me sinto muito mais feliz em saber que nenhuma vida foi destruída para que eu pudesse me alimentar e manter a minha saúde.

 

Eu não espero e nem quero que você se torne vegetariano ou vegano após ler esse texto, mas como tenho muita dificuldade de me alimentar fora de casa, pois poucos restaurantes possuem opções para esse público, acho interessante que as pessoas saibam que o vegetarianismo e o veganismo existe sim e que é possível viver e conviver de uma maneira muito mais saudável e, ainda por cima, contribuir para um mundo melhor.

 

XoXo Agatacett

 

 

Resultado de imagem para vegetarianismo

VGTRNSM!