Nota

Oi pessoas, tudo bem?

A entrevista de hoje é com o ícone na cultura gótica nacional, que se destaca pelo seu canal no YouTube e pelas fotos no Instagram. Isso mesmo, a Gaga contou para a gente um pouco sobre esse estilo que chama tanta atenção.

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

Você uniu o Pop da Lady Gaga ao estilo Gótico. Quando você definiu seu estilo?

Eu conheço e acompanho a Gaga desde os meus 9/10 anos, então praticamente moldei a minha vida enquanto acompanhava ela. Aos 13 as pessoas começaram a falar que eu me parecia com ela, então comecei meu trabalho como cover, mas só podia me apresentar em eventos de cosplay ou aniversário de amigas. Porém eu era muito “oprimida” nessa fase, e tinha bastante problema com isso de ser eu mesma, então eu me vestia como ela no dia a dia também. Mas desde sempre me identifiquei com o gótico, mas não me sentia livre para ser assim. Apenas aos 15 anos eu me “libertei” e comecei a pesquisar sobre a subcultura, e me identifiquei de verdade, e aderi isso pra minha vida, para o meu estilo e para tudo, sem deixar o meu lado “Gaga” morrer. Eu amo impersonar a Gaga, mas amo ser eu mesma dentro da subcultura, então decidi unir os dois, principalmente no lado profissional 🖤

 

Qual conselho você daria para alguém que está se descobrindo ou buscando uma tribo?

Seja forte para aguentar comentários e atitudes desagradáveis. Principalmente da sociedade no geral, mas também dentro da própria cena. As pessoas, especialmente aqui no Brasil, infelizmente tentam ser “mais” que as outras, isso é bem triste. Mas eu mesma presencio momentos em que a galera discute simplesmente por julgar que “fulano é poser” ou coisa do tipo. Só seja forte pra não ligar pra isso! E tente evitar discussões assim!

 

Qual é o maior mito da subcultura gótica que você já ouviu?

Que nós somos tristes! Quem diz que nós somos “pra baixo”, “deprimidos” ou “tristes” é porque certamente nunca foi e nem teve interesse em conhecer a realidade da gente hahaha

 

Qual é o tipo de música que você considera uma verdadeira tortura e por quê?

Sertanejo, pagode, samba, axé… Músicas nesses estilos eu não consigo ouvir de jeito nenhum! Mas não tem um exato porquê.. É só por não ser um estilo musical que me agrade mesmo, não é algo que eu ache interessante de ouvir, mas absolutamente nada contra quem ouve haha

 

Como você acha que as pessoas das tribos do Rock N’ Roll podem contribuir com a cultura nacional?

Pra mim cultura é um conjunto de costumes, práticas, arte, música de um determinado grupo de pessoas, então acredito que o Rock pode ser sim considerado cultura, afinal ele une tudo isso, certo?
Acho que o maior jeito de contribuir é mantendo a cena ativa, indo aos eventos, participando das coisas, a representatividade é essencial.

 

 

Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?

Meu recado é que vocês sempre mantenham o respeito com o próximo, sempre, independente do estilo que você se encaixa. Apoiem a cena local, apoiem novos artistas, mas também apreciem os antigos. Abram a mente. Corram atrás do que vocês querem, sejam vocês mesmos, e sejam corajosos o suficiente pra não ligar sobre o que os outros pensar de você. É isto 🖤

Esse é o meu estilo! | Gaga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s