Arquivo mensal: abril 2017

Nota

Oi pessoas, tudo bem? O Agatacett´s Blog trouxe uma entrevista cheia de Metal, opinião e estilo com a banda Motherhate!

Metal virou moda? Qual é a sua opinião?

Pelo contrário, o rock foi deixado de lado pela mídia e há mto tempo não surge algo relevante para o grande público. O rock não morreu e nunca morrerá, é como um idoso com alzheimer, só foi dar uma volta no quarteirão e se perdeu, mas logo volta.

 

Qual das músicas da sua banda é a favorita?

A minha referida é Avoid Bloodshed, que equilibra muito bem melodia e agressividade, com uma letra forte.

 

A imagem pode conter: texto

 

 

O Rock N’ Roll tem a mesma força que tinha a 25 anos atrás?

Não, infelizmente. Há 25 anos havia mais o que dizer, vontade para lutar, mais inspirações na minha opinião, e as grandes bandas estão acabando e não deixando representantes a altura. São outros tempos, temos que aceitar e prosseguir.

 

Como foi escolhido o nome da banda?

Surgiu do nada, buscando palavras que expressassem nossa proposta, achei que soaria bem e acabei falando para todos, que concordaram com a sugestão.

 

 

 

”Estilo Metal” atrai ou assusta as pessoas? Tem alguma história sobre isso?

O termo na minha opinião afasta um pouco pessoas mais leigas, por ser uma palavra “forte”. Suas vertentes “Death, Melódico, Sinfônico, Doom, etc” acabam confundindo e até desunindo as pessoas, em certas situações. Eu acho que tudo deveria ser mais simples, rock pesado, música boa, letras bem feitas, no final é tudo o que importa.

 

Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?

Agradeço a oportunidade, aos leitores que leram até aqui e peço para que ouçam nosso som. E breve estaremos tocando por toda a capital e região para divulgação do nosso primeiro EP.

 

A imagem pode conter: pessoas tocando instrumentos musicais

O verdadeiro Metal | MotherHate

Anúncios
Nota

Oi pessoas, tudo bem?

Hoje temos uma novidade no Agatacett´s Blog: uma banda que entrou recentemente no Cena Underground do Rock N’ Roll: a Fourtress.

Vocês começaram a pouco tempo na Cena. Como se sentem?

Estamos muito felizes com que a banda tem conquistado! A verdade é que se inserir na cena não é uma tarefa fácil e que o Rock tem cada dia mais espaços limitados, porém temos muito orgulho de fazer um som autoral, legítimo e com muita verdade. Estamos orgulhosos!

A imagem pode conter: 4 pessoas

 

Com quantos anos você começou a pensar que se dedicar a música seria uma boa ideia?

Todo mundo na banda toca desde bem novinho. Natã (vocalista) e Fabrício (baterista) se conhecem desde pirralhos, China (baixista) é cunhado do Natã, e o Heitor se formou com o Natã também. No fim, todo mundo, diretamente ou indiretamente, tem uma ligação e isso nos fortaleceu. Desde o início da Fourtress, o intuito sempre foi evoluir e mostrar nossa arte para quem quisesse ouvir não importa onde.

 

O que você já deixou para trás para seguir o seu sonho?

Sempre deixamos algo para trás, isso faz parte da vida! É um tempo que abrimos mão de nossas famílias, namoradas e até mesmo, muita vezes, amigos. Hoje dividimos o tempo cada um com seu trabalho porque ainda não conseguimos viver apenas de música. Mas a cada dia o tempo dedicado à banda aumenta, a demanda de ensaios crescem e a agenda  enche cada vez mais.

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Quais as expectativas da banda para o futuro?

Queremos nos fortalecer a cada dia no cenário musical. Nossas composições falam do que sentimos, imaginamos ou vivemos e queremos dividir isso com outras pessoas, para que possam talvez se identificar ou apenas curtir. Estamos planejando o lançamento de um EP ainda para este ano, muitas novidades na fanpage e shows!

 

 

Como tudo começou para vocês?

A Fourtress iniciou sem nome e tinha apenas o intuito de se reunir para fazer um som de garagem, bem amador. Nessa época o China tocava guitarra e Diego Lima, um salve para ele, fazia parte da banda como baixista, e mais tarde ele saiu. Tivemos um hiato grande depois disso, mas percebemos que a música nos chamava e precisávamos fazer a nossa arte! O universo trouxe até nós o Heitor que assumiu a guitarra e o China, com muita autoridade, assumiu o baixo. E nesse momento nos surge o nome para banda: Fourtress.
Nos sentimos assim: uma fortaleza de quatro homens que buscam o seu lugar no mundo magnífico do autêntico Rock.

 

 

Tem algum recado para os leitores do Agatacett´s Blog?

Obrigado por lerem entrevistas como essa, porque a existência de espaços assim para novas bandas e leitores que se importam em saber a história de pessoas que ainda não têm grande fama que nos dão força para seguir em frente e lutar. Um forte abraço em cada um de vocês, sintam-se a vontade para curtir a nossa fanpage e redes sociais, e adicionar cada um de nós para trocar uma ideia. E, é claro, um muito obrigado para Agata que nos convidou e, parabéns pelo blog e iniciativa!

A novidade da Cena

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

Aqui no Agataceett´s Blog os leitores também possuem voz e por isso você pode ver a sua playlist aqui. As músicas de hoje foram escolhidas pelo Gleidson

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, selfie, close-up e área interna

1) Kamelot – Fallen Star
2) Eluveitie – King
3) Sonata Arctica – Fullmoon
4) Alice In Chains – Main The Box
5) Iron Maiden – Wasting Love
6) Metallica – Turn The Page
7) Angra – Lease Of Life
8) Skid Row – Remember You
9) Guns N’ Roses – November Rain
10) ReVamp – Sweet Curse

 

Playlist do Leitor I

Parceria Nova | Na Orelha FM

Padrão

Oi oi meus amores pessoas, tudo bem?

Nesse feriado de Páscoa, as bandas que ganham presentes! O Agatacett’s Blog fechou uma parceria com a Web Rádio Na Orelha e nós estamos em busca de bandas autorais de Pop-Rock para ter sua música tocando ao vivo! 

Para participar, vá até a nossa página no Facebook e nos mostre a sua música. Lembre-se que ela deve ter uma boa qualidade.

Estamos procurando novos talentos para mostrar ao mundo que o Rock N’ Roll ainda está vivo e forte. Então vamos à luta e viva a Cena Underground!

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

Com a volta do blog agora em 2017, muitas bandas passaram por aqui e agitaram a Cena. Então já está mais do que na hora de eleger a Banda do Ano de 2017!

Essa competição vai voltar anualmente e as bandas que vão estar presentes nessa votação são as que cederam entrevistas exclusivas para o Agatacett´s Blog nesse ano. O vencedor terá a grande responsabilidade de nos representar e ainda vai contar um prêmio muito legal: uma assessoria de um mês pelo projeto independente de Marketing T2M ! Então preparem os gatilhos e votem na suas bandas favoritas!!!

A votação vai até o dia 8 de maio e o vencedor será anunciado na nossa página do Facebook , então fique de olho.

 

Banda do Ano 2017 | Vote

Nota

Olá Olá pessoas, tudo bem?

A conversa de hoje foi com o Renan Lynx, da banda Bogotah e ele me contou como toda essa história de ter uma banda funciona. Então vem ver o resultado!

 

 

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

 

 

 

Ter uma banda de Rock trás alguma vantagem?

A grande vantagem é poder expressar seus pensamentos de uma forma única e com isso possibilitar a reflexão sobre determinados temas nas pessoas. Algo que só a arte, da forma mais sincera, pode te trazer.
Qual foi a banda que te impulsionou no mundo do Rock N’ Roll?

Black Sabbath, sem dúvidas. Especialmente o álbum “Heaven and Hell”.

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

 

O que diferencia a sua banda das outras?

A fusão do que curtimos do rock antigo com as coisas do rock mais atual que crescemos ouvindo. Não soa nem tão jovem, nem tão velho. Além de tentarmos passar mensagens mais elaboradas nas letras.
Quais são os planos de vocês para o futuro?

No momento queremos trabalhar mais uma ou duas músicas do nosso mais recente álbum, “Um Brinde ao Fim do Mundo”. No entanto já estamos em processo de composição do próximo, ainda sem título definido. Também, neste ano, queremos profissionalizar ainda mais a banda e fechar novas parcerias criando metas para os anos seguintes a fim de focar nosso trabalho. Por sinal, novidades iradas estão vindo, fiquem ligados.

A imagem pode conter: texto

 
Qual a principal diferença, para você, das bandas das décadas passadas para as de hoje?

O ineditismo. Qualidade é algo que você encontra em todas as gerações, não sou um nostálgico por natureza. Não compro o papo de que não existe coisa nova que é excelente. No entanto os caras do passado inventaram toda a base que temos hoje e essa originalidade jamais poderá ser superada.
 Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?

Apoiem as bandas autorais brasileiras! Não caiam nessa ladainha de que não tem rock no Brasil ou que tudo lá fora é melhor. Busquem as bandas novas que acharão coisas boas. E apoiem blogs e sites como esse que dão justamente o espaço que necessitamos.

Influência é Tudo | Bogotah

Nota

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A história da banda é muito interessante. Pode resumi-la para nós?

A Theodor é uma banda de metalcore/deathcore de São Paulo que tem como influência as bandas As I Lay Dying, For Today e Phinehas.
A banda surgiu no Rio Grande o Sul passando por algumas mudanças de integrantes e local ao longo do tempo. Atualmente situada em São Paulo a Theodor teve o seu primeiro álbum lançado em 30/10/16 intitulado “Sangue e Honra” que contou com a participação especial do Antônio Batista vocalista e baixista da banda Antidemon. A banda procura colocar uma mensagem positiva em suas letras baseada em experiências de vida, tentando mostrar que para qualquer problema existe uma solução.

 

Quais são os planos para o futuro?

Os planos no momento estão sendo focados no lançamento do vídeo clipe “Respostas” que foi feito com muito carinho pelos próprios membros da banda, então cada detalhe e que cada cena foi escolhido a dedo pelos integrantes. Estamos também trabalhando em um novo álbum que ainda não podemos entrar em muitos detalhes, o que podemos adiantar é que terá uma pegada diferente.

 

O que você acha que vai ser do Rock N’ Roll nos próximos anos?

Esperamos que a cena Underground continue crescendo ainda mais no Brasil, sabemos que ainda existe um certo tipo de preconceito e não temos o apoio que realmente precisamos, e nós da Theodor queremos contribuir para isso, nem que seja só um pouquinho já é válido para que o Rock venha crescer ainda mais. É claro, não esquecendo do respeito, humildade, união e muita força de vontade. De pouco em pouco chegaremos lá.

 

Qual material da sua banda você mais gosta?

É difícil dizer, mas acho que nunca iremos esquecer esse nosso primeiro álbum “Sangue e Honra”. Ele sempre terá um carinho especial por todos os membros da banda, desde as músicas até a capa do álbum, tudo feito com muita dedicação.

Alguma banda te inspirou a entrar no universo da música?

Temos várias influências e é claro que cada integrante tem a sua banda que inspirou entrar no universo da música, mas temos algumas em comum e são elas: As I Lay Dying, For Today e Phinehas.

 

Algum recado para os leitores do Agatacett´s Blog?

Primeiramente gostaríamos de agradecer a Deus por nos permitir fazer esse trabalho maravilhoso, a Agata pela entrevista e por ceder esse espaço para os leitores conhecerem um pouco mais a Theodor. Gostaríamos também de lembrar que nosso clipe “Resposta” foi laçado online no dia 26/02/2017, o nosso álbum “Sangue e Honra” já está disponível em todas as plataformas digitais, então se você ainda não ouviu não perca tempo para curtir conosco. Para saber mais sobre a banda é só curtir nossa página no Facebook e no Instagram – Banda Theodor. Esperamos que gostem, até mais!

 

A imagem pode conter: flor

Histórias para contar | Theodor