Lisura | Hardcore

Oi pessoas, tudo bem?

Você é daquele tipo que curte uma boa banda de Hardcore? Então a Lisura foi feita para você e para te convencer ainda mais disso, conversei com o Wladimir Gois, vem sar uma olhada!

Por qual motivo escolheram um subgênero como o Hardcore?

Escolhemos o Hardcore por se encaixar bem com a mensagem que queremos passar, mas não curtimos rótulos, pois tocamos muitos estilos, temos músicas com pegada ska, outras mais reggae, outras mais punk, mas creio que o estilo que mais abrange a banda é o hardcore, letras engraçadas e que ao mesmo tempo questionam os problemas atuais que vivemos, sem perder o peso e a atitude do Rock n Roll.

Como é o cenário das novas bandas na sua cidade?

Bandas de tremenda qualidade que deviam ter um grande espaço na cena do Rock Brasileiro, porém nenhuma consegue, pois para os produtores isto não é lucrativo, porém acho que somos os mais batalhadores, fazemos o nosso trabalho de uma forma toda independente, é mais a felicidade de conhecerem sua música do que você ser famoso e ficar rico, acho que por isso não abandonamos o Rock n Roll, “a cena vive “, hahaha!

O estilo pessoal interfere no estilo musical? Por que?

Acho que é mais questão de adaptação, hoje em dia somos muito ecléticos, não pertencemos a uma única vertente, mas sim a um conjunto, seja tanto musical como social!

Com quantos anos você começou a gostar da música?

Eu comecei desde que eu lembro da minha existência, adorava escutar Rap, Hip Hop,Pop, Rock n Roll, Mpb, Jazz, e hoje isso me ajuda bastante a ser diferente nas composições da banda, o nosso EP está em desenvolvimento, e creio que vai ser diferente de tudo que tem por aí, creio eu que graças a todos integrantes serem ecléticos e não se prenderem a um só subgênero.

Qual a melhor coisa que já aconteceu com a banda?

Na minha opinião, foi o show que fizemos em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, tocamos na nossa região e estávamos até desanimados no dia por conta de uma tempestade que caiu, mas mesmo com isso tudo, a galera compareceu com força, com direito a diversas rodinhas, coro junto com os integrantes, palmas e muita interação.

Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?

Queremos dizer para ficarem ligados na Banda, que neste ano terão muitas surpresas, e que apoiem os músicos de suas regiões, pois vocês são o braço direito de todos nós músicos, sem vocês a gente não existe!

 

Dicas para se distrair | Zen

Oi pessoas, tudo bem?

Com essa rotina de estudos e mais estudos, um ou dois dias que tiro para descansar já é o suficiente para eu criar algo para me divertir.

Ok ok, eu não sei cantar, mas um monte de gente também não sabe e mesmo assim canta, então por que eu, uma mera mortal, não posso fazer o mesmo?

Uma vez a cada dez anos posto algo de novo no meu perfil do SoundCloud e me diverti gravando a música da Mallu Magalhães. Outro ponto positivo é que você pode conhecer muitas bandas e cantores e aumentar a sua playlist assim com eu fiz.

Onça Clássica | Unhas da semana

Levante as mãos quem nunca se apaixonou por algum acessório que tivesse uma estampa de onça? Que tal deixar isso ainda mais feminino e alterar a cor dourada que sem vemos?

Você vai precisar de:

  • Um esmalte da cor de sua preferência (vermelho, azul, rosa, amarelo, verde…)
  • Um esmalte dourado
  • Um esmalte preto
  • Um pedaço de papel resistente ou qualquer outro material
  • Um palito para unhas
  • Base ou fortalecedor

 

Passos:

  • Pinte todas as unhas com duas camadas do esmalte que você escolheu
  • Espere secar um pouco
  • Derrame algumas gotas do esmalte preto sobre o papel e, com ajuda do palito, desenhe três riscas formando a impressão de um círculo ou mancha
  • Derrame algumas gotas do esmalte dourado sobre o papel e, com ajuda do palito, pingue a cor no centro de cada mancha
  • Finalize com a base para das efeito impermeável

Resultado

 

Fabrizzio Hanoi | Novas Ideias

Oi pessoas, tudo bem?

Estão gostando das nossas entrevistas semanais? Então tenho certeza que vai gostar deste projeto e olha que nem vou dar muitas dicas, você vai ter que conferir!

 

O Agatacett’s Blog sempre deu espaço para novas bandas, o que acha disso?

Acho incrível demais , parabéns por essa iniciativa , mostrar todo o talento que as bandas novas tem pra oferecer.

Algum fã já fez algo muito fofo ou insano para vocês?
Já sim , um fã de outra cidade imprimiu um poster da capa do disco e fez um quadro , fiquei muito admirado com isso, pelo carinho dele com o disco .

Idade, talento e sucesso possuem alguma ligação?
Acho que possuem , a idade é começo , o talento vem conforme é o seu amor e dedicação pela musica e o sucesso o resultado final de ambos , construindo nosso talento sempre , chegamos mais perto do sucesso.

 

Como você vê a cultura brasileira?
Acho que a cultura brasileira anda muito estranha nestes dias, somente músicas sem sentido e beleza fazem sucesso, sempre as mesmas, funk e sertanejo universitário.
Vi uma coisas esses dias que deixou bem claro pra mim como é a musica brasileira na atualidade: o Beto Lee gravou um disco solo , que fica escondido do sucesso , nem na rádio , na TV , não tocou em lugar nenhum e quase ninguém o conhece, mas o disco dele ganhou Grammy de melhor disco de rock , aí que está sucesso no Brasil, hoje não é exatamente ligado a Musica Incrível, conheço muitas bandas que fazem trabalho fantástico e não têm sucesso.

Qual o forte da banda?

Acho que o forte seria as diversas influências de composição e as parcerias no disco.
Como gosto muito de Rock n Roll , Hard Rock , Heavy Metal , Power Metal e Metalcore, dá para ouvir no disco.
Tem alguns riffs que puxam mais pro Heavy Metal , duetos que puxam mais pro Power Metal , vozes que puxam mais pro Rock’n’Roll e Hard Rock, trabalhar como todas essas influencias naturalmente e o disco é um Underground Rock Epic , chamei vários amigos que cantam em bandas incríveis no underground para os vocais como o Gabriel Martins do Mattilha, Jimmi DG da Dirty Glory e Saulo Martins da Demo Sapiens .

Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?

Tenho sim, leiam sempre esse blog, ele traz muitas informações incríveis e te convida a conhecer as bandas novas de rock e conhecer o talento delas. Vale muito a pena conhecer e continuar lendo,  demais a ideia da pessoa que criou o blog em trazer todas essas coisas .

Rotina (quase) Fit | #MeAjuda

Oi pessoas, tudo bem?

Esses tempos percebi que eu estava muito parada, tinha quebrado uma rotina de exercícios que me faziam muito bem e eu sentia falta.

Por esse motivo decidi que eu deveria voltar a ter uma vida mais regrada desde a alimentação até o meu ritmo. Criei um Instagram para eu mesma ver o meu desempenho ( @focanamedida ) e comecei pelo básico.

Sempre tomei muito cuidado com a minha alimentação por, simplesmente, gostar, mas eu nunca tive o costume de beber água e sei bem que isso faz muito mal, então baixei o aplicativo Hidrate Seu Corpo e estabeleci uma meta de 300 ml de água por hora. Sinceramente, me sinto melhor, pois todos nós sabemos o benefício disso e é ótimo usar a desculpa “não estou gorda apenas inundada”.

Já sobre o exercício físico, só podemos contar a partir de 30 minutos, então estabeleci uma meta de 45 minutos após o descanso. Como moro em apartamento e estou sem tempo para academia, as atividades podem ser exercícios fáceis ou até dançar com vídeo aulas e Just Dance, desde que eu complete o tempo e perca calorias.

Além disso, não vamos esquecer do resto do conjunto, então vou dar um tempo com a chapinha por dois motivos: amo meu cabelo natural e quero deixar ele forte como antes. Não esquecer do hidratante após o banho e evitar usar muitas coisas no rosto.

Se quer dicas mais naturais, confira nosso Spa Day.

Uma rotina saudável auxilia os estudos e te faz mais forte para vencer a batalha de cada dia 😉

Minhas séries e filmes favoritos I | Netflix

Oi pessoas, tudo bem?

Quem ai ama um bom Netflix? Foi com ele que aprendi a gostar de séries e vou listar elas aqui caso você esteja com aquele dia de folga dos estudos ou do trabalho 😉

American Horror Story

(3 temporadas disponíveis)

 

Uma Noite de Crimes

(1h25min)

A Onda

(1h46 min)

 

Bates Motel

(2 temporadas disponíveis)

 

Clown

(1h39 min)

 

The Hauting Hour

(3 temporadas disponíveis)

Musidora | Entrevista Completa

Oi pessoas, tudo bem?

A entrevista de hoje é super diferente, pois além de ter uma conversa bem legal com a banda Musidora, todos os integrantes participaram! Vem conferir o resultado.

 

Nome dos integrantes entrevistados: Daniel (Vocal), Rafael (Guitarra), Victor (Baixo) e William (Bateria)

Moda e música possuem alguma ligação?
Daniel – Acredito que sim. As roupas já são uma forma de expressão e normalmente dizem muito sobre o artista e suas intenções.
Will – Buscamos esse conceito na Musidora, nas roupas que usamos nos shows, alinhado com uma postura. Isso é importante pra imagem de qualquer banda. É legal ver como as bandas se comportam nessa questão, dá para notar uma influência boa em muitas das bandas que nós gostamos.

Qual foi o maior projeto que a banda já realizou?
Daniel – Uma pequena turnê no Rio de Janeiro, em junho do ano passado. E a gravação do EP “Mil Pedaços” com produção do pessoal da banda Supercombo.
Rafael – A gravação desse EP exigiu muito empenho, planejamento e flexibilidade de todos. Tivemos que nos superar em diversos sentidos e ao final, aprendemos muito com esse projeto.
Will – Pra quem tiver curiosidade de ouvir, é só procurar “Musidora Mil Pedaços” em qualquer plataforma de streaming que estamos lá.

Com quantos anos você sentiu vontade de estar em uma banda?
Rafael – A partir dos 14/15 anos aproximadamente. É o sonho de criança ser um rockstar e tocar em uma grande banda de rock. Quando comecei a “querer” ter uma banda, perto dos 14 anos, reunimos alguns amigos pra tocar juntos pela primeira vez. Obviamente, era horrível!
Hoje olhamos pra trás e vemos o quanto evoluímos, e sabemos que temos muito pela frente ainda.

Qual foi o melhor conselho da música que você já recebeu?
Rafael – Ser persistente e ouvir seu instinto sem se cobrar demais. Muito útil pois, no caminho do aprendizado, e estamos sempre aprendendo algo, é comum se frustrar ou querer ser algo que não é.
Victor – Me disseram uma vez “Cada dia sem tocar seu instrumento, é mais um dia que ele se afasta de você”. Meio extremo, mas significa que se você quer ser bom em alguma coisa, deve se dedicar.

Qual seu instrumento musical favorito e por quê?
Daniel – Guitarra, porque é o que toco razoavelmente rs. Mas gosto muito de sentir o baixo, o groove.
Rafael – Meu instrumento favorito é a guitarra, porque é através dela que consigo me expressar e fazer música. Mas gosto muito do piano e bateria.

Tem algum recado para os leitores do Agatacett’s Blog?
Victor – Só podemos agradecer a Agatacett pelo espaço e aos leitores que pararam pra conhecer um pouco mais da banda.
E vá a shows, procure o novo rock nas redes, ouça o trabalho das bandas. No final todo nosso trabalho é para vocês.