Bebidas pela casa | Decoração

Oi pessoas, tudo bem?

Se tem uma coisa que eu acho lindo e que pode completar aquele espaço na sua casa são garrafas bonitas de refrigerante, cerveja, vodka ou qualquer outra bebida que você ache legal, até as de água podem te ajudar.

Na minha casa fizemos um móvel com três compartimentos e neles posicionamos algumas garrafas e taças, isso dá um ar diferente para a nossa sala de estar e é uma das minhas decorações favoritas. Na primeira parte coloquei o meu salto para vinhos, duas taças e algumas garrafas, já na segunda, coloquei as garrafas de cerveja e vodka e por último, taças e utensílios para servir.

Cada bebida pode custar até mesmo R$ 7, como a Duff, ou seja, não é tão caro investir no seu espaço.

Outra dica que eu gosto muito é fazer uma coleção de garrafas em miniatura, além de ocupar menos espaço, sai mais em conta.

A Coca-Cola não podia faltar, é claro, então no meu quarto a coleção das garrafas históricas também fizeram parte da decoração

Pit Blues |Para se Apaixonar

Oi pessoas, tudo bem?

Conversei um pouquinho com a Lilah Kuhn sobre a sua banda, Pit Blues, e fiquei alucinada ao ouvir a voz poderosa dessa garota com uma banda incrível! Quer conhecer o som deles também?

Biografia

Quatro músicos que se conheceram na faculdade, em momentos diferentes do curso de Bacharelado em Música, desenvolvendo linguagens sofisticadas da música brasileira e do jazz e assim nasceu a PIT BLUES, resgatando suas primeiras influências musicais e botar o pé na estrada para defender o bom e velho Blues.

Escolheram o Hard Blues como linguagem “carro-chefe” da banda, já que todos vieram da escola do classic rock e do blues, ouvindo e executando durante anos. Decidiram gerar um repertório que unisse compositores e intérpretes da nova e velha guarda do blues, para proporcionar uma verdadeira experiência sonora e musical ao espectador presente em suas performances.

Ela (Lilah Kuhn), com sua voz potente e performance calorosa e carismática, eles (Adriano Matos, Linaldo Santos e Bruno Hernandes), com alta precisão e performance explosiva, dão um charme todo especial e irreverência ao PIT BLUES.

Crise, como lidar | #MeAjuda

Oi pessoas, tudo  bem?

Já passamos do Carnaval e os estudos não param, então vamos tratar do segundo tema possível para a redação do ENEM 2016, que me envolve, te envolve e todos nós sabemos do que estamos falando.

*Veja os posts anteriores para aprender mais

Tema de hoje: Crise econômica no Brasil e no mundo

Título: Decadência de uma economia

Desde 2015 os debates sobre a crise econômica iniciada no Brasil vêm procurando maneiras de amenizar a situação que se segue até este novo ano, supondo que a população possa viver uma nova década perdida como a vivida entre 1980 e 1990 com a falta e o aumento do preço dos alimentos.

Quando países como Grécia e Estados Unidos entraram em crise, o Brasil viu uma maneira de se sobressair na economia, mas ao invés de investir seu lucro, facilitou as linhas de crédito para a população que, tempos depois, se cercou de dívidas. Podemos comparar esse momento com a quebra  da bolsa de Nova Iorque, onde todos se viram desesperados com a queda dos valores das ações investidas, mas a diferença entre esses dois casos foram as medidas tomadas para que os Estados Unidos se reerguesse perante a situação, aplicando verbas em obras públicas e contratando funcionários enquanto o Brasil sugeriu a redução de carga horária e salário.

Mesmo com a inflação exacerbada, o aumento da taxa de desemprego e o fechamento de empresas no país, esse contexto fortalece o cenário do turismo brasileiro, pois as viagens dentro do território nacional se torna mais barata que uma ao exterior, além disso, produtos com fabricação completamente brasileira se mostram mais em conta que os mesmo com componentes importados. Ouro ponto positivo é que, pelo preço do Real em relação ao Dólar parecer mais vantajoso, turistas vêm ao país com uma maior quantidade da moeda internacional.

Assim conclui-se que o mercado deve investir na venda de produtos nacionais e que o governo deve aplicar em pontos estratégicos e eficazes para que, aos poucos, a população possa se ver livre dos altos preços durante as compras do mês e voltar seguros aos seus postos de trabalho.

 

 

 

 

Lumes | A luz na Playlist

Oi pessoas, tudo bem?

A banda de hoje é conhecida por tratar o pop rock de  uma maneira diferente. Conversei com os garotos da Lumes e eles me contaram como é a visão dos adolescentes sobre a nossa música.

Como chegaram até o nome da banda?
Gabriel: Eu achei esse nome, na capa de um livro de poesias, na biblioteca da escola que a minha mãe trabalha, então sugeri pro pessoal, que inicialmente eram apenas eu, o Eduardo e a Bianca, e achamos super bacana, significa claridade.
Eduardo: A maior quantidade de luz que se pode reunir em um só ponto.

Vocês tocam por amor ou para, futuramente, obterem um reconhecimento?
Eduardo: Nós sempre fomos amigos e tocamos juntos e quando começamos a banda foi tudo na brincadeira, o amor pela música e pelo sentimento de estar no palco é o que vem nos incentivando a nunca desistir porque é difícil ter uma banda independente e ainda mais sendo jovem.

Qual o instrumento que é o seu sonho tocar, mas você acha quase impossível?
Eduardo: Eu acho que não existe uma instrumento que seja quase impossível quando se há dedicação por parte do músico.
Gabriel: Como para qualquer coisa, aprender um instrumento é preciso estudar e treinar não acho que seja impossível. Acho difícil você dominar o instrumento, passei um bom tempo me dedicando a tocar bateria e consegui aprender um pouco de guitarra, mas tenho uma enorme vontade de aprender piano, ou algum instrumento de sopro

Ser músico é considerado a sua profissão?
Gabriel: É meu sonho música ser a minha profissão! Mas para fazer com que isso aconteça, é preciso se dedicar 100%. Senão se torna algo muito instável, por isso muitos músicos procuram uma profissão pra ter como base, como estou fazendo, acabei de começar a faculdade de publicidade.
Eduardo: No momento em que vivo sim.

Como você vê a cena underground da sua região? Como melhorar e quais são os principais problemas?
Eduardo: Acho que a cena de SP necessita de mais divulgação por parte das bandas e também das casas que organizam.
O sistema de cota , que deve ser reavaliado, desfavorece banda iniciantes.
A cena por parte das bandas tem uma união muito boa e em cada show sempre rola novas amizades entre as bandas e também um incentivo assim como o Leo Magma que vc ganha a musica conforme o seu esforço e dedicação.

O estilo da banda diz muito sobre vocês?
Gabriel: Desde o inicio da banda a ideia era colocar, um pouco do estilo que nós gostamos, e adaptar para todas as pessoas gostarem, então sim, nosso estilo diz bastante sobre nós. As letras, também, feitas a partir de coisas que todos nós vivenciamos.

Qual o recado para os leitores do Agatacett’s Blog?
Eduardo: Agradecer a oportunidade de poder participar da entrevista com a Ágata e para 2016, aguardem novos projetos como o nosso site, novas músicas e clipes e muito mais shows por vir. Obrigado pelo apoio em 2015, e contamos com a participação de vocês em 2016, Fiquem ligados nas nossas redes sociais para estar por dentro de tudo que já rolou e o que ainda vai rolar. Tmj galera e um salve especial prós leitores da Agatacett’s Blog. Agradecer também a nossa empresária Claudia Angelica por ter feito o role em 2015 acontecer.

Parceria MISSU | #MeAjuda

Oi pessoas, tudo bem?

Já imaginou responder as perguntas de vestibular, acertar tudo e ainda ganhar prêmios, ou até mesmo um IPhone? Eu já e por isso vim compartilhar com vocês a nova parceria do Agatacett’s Blog, o site MISSU!
Nesse site você responde quatro questões preparatórias por dia, acumula pontos, troca pelas moedas do site e compra mais simulados, quanto mais acertos, mais chances de ganhar prêmios você tem e quem sabe até mesmo um IPhone?
As questões correspondem a cada área exigidas nas provas e você acompanha, no final de cada questão, qual a resposta certa para acumular pontos, o site ainda disponibiliza uma análise do seu treino, mostrando suas áreas de maior habilidade e as que você precisa ter mais atenção.


Se cadastrar é muito fácil, você só precisa entrar no site clicando aqui e fazer o login com o próprio Facebook, se preferir e a partir desse momento você já está participando do universo MISSU. Gostou da nova parceria? Então compartilhe com os seus amigos e comente usando #MeAjuda que o Agatacett’s Blog vai curtir sua postagem.

Novas Oportunidades | Virada Cultural 2016

Oi pessoas, tudo bem?

A prefeitura do estado de São Paulo já abriu as vagas para apresentação no evento Virada Cultural e as inscrições podem ser feitas até o dia 2 de março de 2016.

Se você possui uma banda, um projeto cultural, um grupo de teatro ou participa de algum movimento pode se inscrever, clicando aqui, em um dos maiores eventos de rua do mundo e não são só projetos paulistas que podem se inscrever, se você mora em outro estado, ou até mesmo outro país a inscrição é válida! Sendo assim você não tem desculpa para não participar dessas 24 horas de cultura gratuita, certo?

Uma pesquisa realizada pelo Observatório de Turismo e Eventos da São Paulo Turismo (SPTuris) comprovou aprovação dos participantes da Virada Cultural. A nota geral dada pelo público da edição de 2015 foi de 8,3, sendo que quase 70% dos entrevistados atribuíram notas entre 8 e 10.

O site Capital divulgou um levantamento que entrevistou mais de 1,2 mil pessoas em 15 pontos diferentes durante o evento, onde a infraestrutura foi aprovada por 85% dos participantes, artistas (82%), atrações (81%), sensação de segurança (71%), limpeza (71%) e sonorização (70%).

Se o seu interesse é cadastrar uma banda, fique feliz em saber que os gêneros mais destacados no evento são MPB (28%), rock (16%) e samba (10%).

Vou comprar batom | Resenha

Oi pessoas, tudo bem?

A coisa mais normal que podemos ver é uma pessoa que compra um batom e não fica satisfeita com a qualidade. Testei algumas marcas de batom e hidratante e vou contar para vocês o que achei de cada um. Vamos lá?

 

Batom 24 horas Maybelline

Ouvi muito falar que esse batom não sai por nada, que sua cobertura é mate e que para removê-lo, você precisa de um demaquilante a base de óleo. Experimentei e achei que sua cobertura perde um pouco da beleza na segunda etapa (hidratante) e que, ao comer algo ou beber, o batom começa a esfarelar na boca, além disso, você não pode retocar e nem consertar caso borre.

O batom: Dividido em duas partes (tinta e hidratação) e custa em torno de R$ 60.

Nota:  ❤ ❤ ❤

 

Batom em bala hidratante Tracta

Um dos meus favoritos para cores vibrantes, adoro o Vino que é cremoso, mas resistente, além disso pode ser encontrado facilmente.

O batom: Cremoso em bala, custa em torno de R$ 19.

Nota:  ❤ ❤ ❤ ❤

Batom Mac em bala

O sonho de consumo de toda garota é ter um MAC e, o meu favorito Heroine, dá jus à fama, além de se garantir na qualidade e na durabilidade, com uma ótima pigmentaçao e, mesmo que o valor possa complicar um pouquinho, vale a pena o investimento.

O batom: Hidratante em bala, pode ser comprado em sites como Sephora e algumas lojas física, custando em torno de R$ 79.

Nota:  ❤ ❤ ❤ ❤ ❤

 

Batom Avon linha Nude

Reprovado! A cor não fixa na boca, além de ter uma textura aparentemente oleosa, mesmo custando apenas R$ 25 eu não recomendo e quase não uso.

Nota: ☠

 

Baby Lips Maybelline

Para quem adora manter os lábios hidratados com aquela cor saudável pode investir em um Baby Lips para colocar na bolsa.

O batom: Hidratante FPS em bala e custa em torno de R$ 16, podendo ser encontrado em farmácias e lojas de cosmético.

Nota: ❤❤❤❤❤