Nota

Oi pessoas, tudo bem?

Eu sempre prezei a ideia da liberdade de expressão e que o seu estilo é a sua identidade, mas vamos combinar que tudo tem seus limites, certo? E quais são esses limites?

Para quem (ainda) não sabe, eu estudo na ETEC e na minha unidade a única parte obrigatória do uniforme até então é a camiseta, mas isso não significa que eu posso ir com uma minissaia enquanto eu estiver com a camiseta certa ou que eu possa customizar o uniforme com um monte de spikes, pintar o nome de todas as bandas que eu gosto nela e chegar no colégio dizendo ”pelo menos estou usando a parte obrigatória do uniforme”. Eles não me impedem de usar as coleiras, as pulseiras ou minhas calças jeans rasgadas, respeitam isso, então, também em respeito as regras do colégio, eu uso a camiseta, branca ou  preta, sem problema algum.

No meu trabalho não é obrigatório o uso de roupa sociais, mas toda peça deve ser usava com tal consentimento, pois aquela é uma empresa renomada e, acima de tudo, é meu local de trabalho, ou seja, eu não vou chegar lá com uma camiseta de banda, no máximo um coturno por questão de que a ”princesinha” aqui não consegue usar uma sapatilha sem se machucar, por isso, evito o uso de roupas ”normais” quando vou trabalhar, até mesmo pelo motivo de que as paredes tem olhos e ouvidos e qualquer destaque pode te levantar, ou derrubar.

Quando eu fui na minha entrevista de emprego, me enviaram um e-mail dizendo ”compareça com traje esporte fino”, traduzindo para o bom e velho português: isso é uma empresa, não a casa da sua amiga, então venha com roupa social, mas o engraçado é que todos receberam o mesmo e-mail e somente eu cumpri com a obrigação, o que, claro, me levou a um certo destaque, tanto pelo meu currículo, -que mesmo básico, pode sim abrir muitas portas- horário e principalmente presença.

Porém quando eu estou em casa ou vou sair, ninguém pode interferir com que eu roupa eu saio ou não (até porque eu sou a única humana no mundo que vai na pizzaria e depois para uma caminhada de espartilho, mas isso é só um detalhe) e é ai, neste ponto, que entra a sua liberdade,onde ninguém pode criticar se você sair do jeito que acordou, ou com uma Barbie de R$ 1,99 de tanta maquiagem, ou seja, aquela frase chata que te diziam ”sua liberdade termina quando a minha começa” é extremamente válida para os lugares que você frequenta.

Espero ter ajudado vocês, contando um pouco do que acontece no meu colégio e trabalho.

XoXo Agatacett´s Blog

 


Cada coisa em seu lugar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s