Arquivo mensal: novembro 2014

Contos Para Dormir II – Amor Verdadeiro

Padrão

Anne era uma bela moça que vivia em uma pequena e confortávem casa com apenas um quarto, uma sala e um porão, mas ela tinha um segredo que ninguém sabia.
A mulher de belos e longos fios de cabelos negros, um olhar sedutor e um sorriso extremamente belo e calmo era imensamente apaixonada por um homem que, após alguns experimentos, se transfornou em um canibal descontrolado, necessitando de carne e sangue humano para sobreviver.
Para provar seu amor por aquela criatura, Anne saia todas as noites para caçar: prendia seu amor no porão, caminhava até um bar no centro da cidade onde todos os homens a desejavam e então escolhia um deles, o atraia, levava-o até sua pequena casa, para que o seu escolhido servisse de alimento para o seu amado que se deliciava com cada pedaço de carne crua e ainda quente.
Essa foi a maneira que a mulher encontrou para provar o amor que sentia pelo homem de sua vida, que realizou seu desejo quando a matou e se alimentou de sua carne na única noite em que Anne não conseguiu o jantar, tendo que caçar sozinho desde então.

image

Anúncios

(Cadê a) Black Friday (?)

Padrão

Oi pessoas, tudo bem?
Nessa semana – principalmente na sexta feira, dia 29 de novembro de 2014 – muitas lojas adotaram a Black Friday, onde deram descontos em grande parte dos produtos que ofereciam de até 80% off.
O que muitas pessoas sabem, mas custam acreditar é que, no Brasil, isso não existe e que é só um golpe de marketing para venderem mais. Eles simplesmente dobram o valor inicial do produto e vendem pelo mesmo valor de antes dando a falsa impressão de desconto, como por exemplo…
IPhone 5 por R$ 2.000,00
Na Black Friday o IPhone 5 passa de R$ 3.999,00 para R$ 1.999,90
…ou seja, não teve desconto nenhum em nada da loja.
Para quem não sabe, a Black Friday é uma tradição de uma sexta feira depois do dia de Ação de Graças onde todas as lojas liquidam seus produtos com descontos absurdamente generosos.
O engraçado é que brasileiro vive dizendo que “é tudo paga pau de americano”, mas é só ouvir a palavra “desconto” ou “promoção” que tira título estadunidense para votar no Obama…será que isso é contra os princípios do povo autêntico que habita a nossa nação?

image

Nota

Agatacett´s Blog: Como começou a banda e qual o intuito dos integrantes?

Is Anybody There: A parceria começou em 2008, época que fazia administração de empresas, um curso de merda! Em minhas matadas de aula para tocar violão com o Rafael Imamura (Baterista da banda), acabamos nos conectando musicalmente e desde aí montamos diversas bandas com diversos integrantes, que duraram pouco tempo, pouco mesmo haha

Só em 2013 que tomamos vergonha na cara e decidimos unir todas as ideias , apenas ele, apenas eu, do nosso jeito, sem pressão, com amor e muita paz, assim surgiu a Is Anybody There?
Projeto acústico/Alternativo/Experimental com o intuito de transmitir boa música e unir a cena independente/underground do país!
ACB: O que acha de participar de um site especializado em rock n roll?
IAT: Acho sensacional! Quanto mais pessoas somando na cena, melhor! Um ajuda o outro!
ACB: Algum fã já fez uma coisa estranha ou louca por vocês?
IAT: Olha, creio que nada louco, mas uma coisa que achei bem legal foi uma fã de Minas Gerais, a Ligia Carvalho, dizer que ficou uma tarde toda ouvindo nosso EP pra fazer a amiga meio que gostar do nosso som rs. Sei que isso não é loucura, mas sei lá, achei bem legal mesmo rs
ACB: E qual música você toca e sente como se estivesse tipo, no auge da banda em todos os sentidos?
IAT: Não sinto ainda um auge da banda, mas quando toco Estirado, Tempestade, Fogueira e Instantes meio que sinto uma sensação que tudo vai dar certo e que as mensagens serão transmitidas e atingirão o ponto certo que é o coração das pessoas

ACB: E qual o foco/a mensagem da banda?

IAT: Transmitir paz, amor e alegria e tbm ser base para uma tristeza. Aquela música que você escuta quando está triste e por mais que ela seja triste tbm, você acaba se sentindo melhor. Ficou confuso eu sei rs

E principalmente, um foco muito importante: atacar a política e os políticos, de uma forma mais poética, mas que ajude a pessoa a repensar suas ações.
ACB: Algum recado para os leitores do blog?
IAT: Um recado? Afaste-se de tudo que faz mal, não deixe professores retrógrados acabarem com seus sonhos, não seja escravo da política, seus sonhos não cabem em uma urna.Liberte-se dos dogmas religiosos! Acredite no que quiser, mas você sabe que não precisa de um líder religioso para dizer-te em quem acreditar ou para cagar regras na sua vida. No fim das contas a política e a religião só querem adestrar você, te condicionar em um sistema podre e falido. Não seja mais um que apóia a repressão policial e lute para que seja livre, livre para fazer o que quiseres. Fume, beba, leia, ria, ame, faça o que quiser, mas não interfira na vida de outra pessoa, faça o que quiser, mas saiba os riscos que isso trará a você.

Se puder, curta minhas páginas facebook.com/rodolfogatti1 e facebook.com/isanybodythere
E pra fechar, um trecho da música “A Vitória” do Dance of Days: “Hoje celebramos a nossa vitória contra o império da tristeza e do medo da escuridão. Nunca mais viveremos à sombra de teus deuses e reis!”

Entrevista Com A Banda Is Anybody There?

Contos Para Dormir I – O Eclipse Que Ninguém Via

Padrão

O Eclipse Que Ninguém Via

Em uma cidade desconhecida havia um garoto de apenas treze anos que, desde seus primeiros passos, já apresentava sinais de que não era uma pessoa normal. Para evitar sofrimentos em sua vida escolar, seus pais omitiram os fatos, deixando o garoto trancado em seu quarto por alguns anos.
Cansado de ser tratado como um animal – vendo seus pais apenas no almoço e jantar, além de uma breve história para dormir – Zack (o que podemos chamar de apelido daquele que “se transforma”) fugiu de casa, escondendo-se nos telhados de casas de até mesmo dois andares.
O que ele tinha de diferente eram suas unhas, pois no lugar delas o garoto tinha garras que não paravam de crescer e seus olhos verdes que, quando encarados diretamente, tornavam-se negros, assim como a alma de Zack, penetrando suas garras no pescoço de sua vítima, matando a mesma com o poder de seu olhar, escurecendo sua visão, fazendo com que a pessoa se sentisse em um eclipse total por alguns segundos, até que seu coração parasse de bater.
Zack não gostava de ser assim, mas era de sua natureza matar aqueles que o encaravam até mesmo sem querer e desse jeito garoto viveu até alcançar os seus vinte e quatro anos de vida, quando viu pela primeira vez um espelho e teve sua morte decretada pela própria escuridão de sua alma.

image

Nota

Agatacett´s Blog: Como a banda começou e qual era o intuito dos integrantes ?

Sampazila: Após passagens por algumas bandas, eu (tchezar) e o vocalista Guzta Safer resolvemos seguir nossa jornada produzindo um som que remetesse aos anos 90 com elementos mais modernos. Nessa busca sonora encontramos o Dj e produtor Cavalaska, revelação do Dub nacional e um dos principais representantes da cultura do grave no Brasil. Nesse momento surgiu um casamento perfeito à nossa proposta agregando elementos eletrônicos com riffs guitarras e vocais bem trabalhados com letras que façam algum proporcionem e agreguem reflexão. A formação atual da banda é composta por Guzta Safer (vocal), Ane Brañas (vocal), Tchezar (Guitarra) e Cavalaska (pickups).

Agatacett´s Blog: a sua banda está participando de um projeto secreto do blog para 2015, o que acha disso?

Sampazila: acho interessante participar de projetos que envolvam música e bandas indepentes. hoje em dia o rock nacional e mesmo o internacional perdeu muito espaço e cada iniciativa de poder unir e divulgar o trabalho de novas bandas é sempre bem visto por nós do Sampazila

Agatacett´s Blog: pode dizer algumas músicas da playlist de vocês?

Sampazila: Nos abrimos o EP com a música Le Guzta Dub, nosso som mais leve do álbum, que remete a uma mudança de comportamento e atitude através da vivência de cada um. Fizemos uma mistura de dub com surf music onde as ondas do mar representam a mudança e as ondas sonoras graves do dub fazem todo o estremecer da coisa. Soy chingon, a segunda faixa do EP é mais sombria, retrata a afirmação de uma pessoa consigo mesma, a atitude de acreditar em si mesmo e em seus principios baseados na amizade, liberdade e paz. Depois temos uma mistura inusitada de maracatu com drum’n bass na faixa Jangada Sem Dor, onde tentamos resgatar um pouco das raízes brasileiras.

Agatacett´s Blog: Algum fã da banda já fez algo louco por um de vocês?

Sampazila: Algo louco? Uma fã pediu uma lambida pra mim no meio de um show. Acho que isso foi a coisa mais inusitada que já me aconteceu, rs! Foi bizarro! Lógico que não atendi! hahaha

Agatacett´s Blog: Algum recado para os leitores do blog?

Sampazila: Pessoal, acreditem sempre na música como algo que pode guiar as suas vidas. A boa música eleva nossa alma e nos faz manter centrados em aquilo que acreditamos.

Quem quiser nos conhecer melhor é só acessar www.facebook.com/sampazila

 

Entrevista com a Banda Sampazila

Nota

Oi pessoas, tudo bem?

No dia 17 de novembro de 2014 recebi uma camiseta linda (e maravilhosa) da banda Epica que a loja Tia Shirley me enviou. Lá você encontra camisetas de banda, séries, desenhos e filmes; moletons; acessórios e muito mais com várias promoções a todo momento, é só dar uma olhada lá no site da loja.

 

Confira as fotos, visite a loja virtual e me envie fotos das suas compras.

Segue a lista de links:

Lista de parcerias e descontos: https://agatacett.wordpress.com/parcerias/

Site da Loja Tia Shirley: http://www.tiashirley.com.br/

Facebook: fb.com/tiashirleyweb

Instagram: @tiashirley (com fotos lindas dos produtos)

Tel.: (33) 3521-8721

 

*A camiseta da foto está disponível aqui: http://www.tiashirley.com.br/270-epica

 

03655-logo

 

 

 

Produto Recebido – Parceria Com A Loja Tia Shirley

A Inocente Família Addams

Padrão

Nem eu mesma sei o motivo, mas adoro ler e investigar histórias ou mitos sobre assassinatos ou casos misteriosos, entre eles, curiosidades sobre inocentes contos para os pequeninos. Isso não me faz ter medo daquilo que eu assisto ou procuro, só me faz ver de um jeito diferente tudo aquilo que, um dia, me fez uma criança feliz e hoje não me parece tão puro assim.

Lógico que há coisas engraçadas ao se imaginar, como, por exemplo, questionar a sexualidade do Bob Esponja ou o mal implantado – nem tão subliminarmente – em A Família Addams, levando em consideração que ter um tio apaixonado por dinamites, um mordomo que mais parece uma experiência mal feita, uma mãe que cultiva plantas assassinas e um pai um tanto quanto macabro não é algo comum para uma ”linda” menininha que mais parece uma assombração e seu ”irmãozinho” que tem uma aranha como animal de estimação.

Bom, acho que devo escrever mais sobre histórias e curiosidades assim, quem sabe um novo projeto para o blog, quem sabe? Mas nada de tomates assassinos ou um macaco gigante em cima de um prédio (o que me parece muito mais assustador do que o Tio Chico).

O intuído de um texto banal como este não é tentar ”inocentar” seus contos de criança, mas sim fazê-lo ver com outro olhos coisas surreais e até mesmo compará-las com a realidade.

Eu particularmente adoro escrever, principalmente contos assim, então se você gostar dessa nova ideia, deixe seu voto aqui embaixo.

XoXo Agatacett